segunda-feira, 14 de abril de 2014

Bem consigo mesmo.

O segredo da vida é estar bem consigo mesmo. 

Quando estamos bem conosco, a tendência é que estejamos bem com os que estão a nossa volta, com nossos amigos, nossos familiares, nossos colegas de serviço, enfim, com o mundo.

Como alcançar esse estágio? Não é muito complicado. Quando nós temos a certeza que estamos dando o nosso melhor, que no nosso modo de pensar estamos fazendo o que podemos. Quando temos a plena convicção que não estamos contrariando os nossos princípios fundamentais, não tem por que não se sentir bem consigo mesmo. 
Santo Agostinho, que na época não era nenhum santo, dizia que tínhamos que fazer um exame de consciência na hora de deitarmos, todo dia. No que consistia este exame? Procurar lembrar de tudo que tínhamos feito ao longo deste dia e pensarmos se o que fizemos, se nos fosse feito por outra pessoa não nos teria magoado, ferido ou causado qualquer outro sentimento negativo. Aquela velha historia da empatia, se colocar no lugar do outro. Calçar o sapato dele, com todos os calos do outro e ver se não doeria se estivéssemos na posição dele. Fui correta? Fui sincera? Dei o meu melhor? Fiz o que devia ou poderia ter feito? Estou com minha consciência tranquila? Então posso dormir em paz? Com a certeza do dever cumprido? Se não fiz o que deveria ter feito, como posso melhorar? O que posso fazer para corrigir minhas falhas? Ofendi alguém? Como posso remediar? Como posso evoluir tanto como pessoa, como profissional, como amigo, como irmã/companheira/amiga? 

Não é tão complicado. É fazer o que se pode, como se pode, quando e onde se pode, e mais, como gostaríamos que fizessem para nós! simples!

Nenhum comentário:

Postar um comentário