sexta-feira, 20 de julho de 2012

Amigo



Hoje é dia do amigo, pelo menos é o que andam divulgando pela net. Para mim dia do amigo é qualquer dia, assim como dia das mães, dia dos namorados e etc.
Daí eu fiquei pensando, pensando nos meus amigos e no final das contas eu descobri que um dos meus melhores amigos é o zelador do meu prédio! Ele é, realmente, meu amigo. está sempre para o que der e vier. Sempre me ajudando. Lembro de quando eu vim morar aqui, foi ele que me deu todo apoio, me ajudou na mudança, me ajudou depois nas arrumações. Cada problema que eu tinha era ele quem me ajudava a solucionar. Quando resolvia comprar alguma coisa, era com ele que eu me aconselhava. Quando a vizinha debaixo cismou de implicar comigo, ele que me ajudava a contornar a situação. E essa mulher cismava ao extremo. Me perseguia mesmo, as vezes eu nem estava em casa e ela estava reclamando de mim. Chegou ao ponto de reclamar das unhas da Pitchula, que o barulho "tic,tic, tic", incomodava a ela. Nossa, foi um terror! E ele sempre contornando, botando panos para evitar mal maior!

Quando meu pai adoeceu, ele  me deu apoio, quantas vezes eu desabafei com ele. Meu pai vinha me ver e ele acolhia meu pai até quando eu chegasse. E ouvia meu velho pai com a maior paciência.
Quando meu irmão ficou doente, ele que me ouvia... Na morte do meu irmão também! Ele conhece toda minha família, ou o que sobrou dela! 

A Pitchula ficou com problemas de saúde por cinco anos e eu só ia trabalhar tranquila por que sabia que se ela passasse mal ele ia me ligar. E chegou a dar remédio para ela em algumas ocasiões. 
É ele que arruma meu ferro de passar quando dá curto. É ele que me ajuda a achar um profissional quando preciso. É ele que faz um furo na parede quando preciso, foi ele quem ajudou a instalar meu armário novo na parede. Estou com vontade de pintar meu apartamento, com certeza é ele que me ajudará. E me ajuda não por dinheiro, me ajuda por amizade mesmo. E eu também tenho muita consideração com ele e no que ele precisar, sabe que pode contar comigo. 

Pensando nisso tudo, avaliando, concluo que eu tenho um grande amigo! Bem perto, ao alcance do interfone!

Nenhum comentário:

Postar um comentário