quinta-feira, 28 de junho de 2012

Fazer diferente

As pessoas reclamam, reclamam, reclamam. Nossa, se canalizassem a energia gasta em reclamar para produzir... 
Eu li um texto que falava de emagrecimento, de dietas, e tinha uma frase que adorei: "As pessoas não querem emagrecer, querem ser emagrecidas!" Não querem mudar, se esforçar, querem a fórmula pronta, a lei do minimo esforço. Querem dormir e acordarem magras, lindas, perfumadas! 
Para ficarmos lindas nós temos que investir, pensa que ficar com a pele lisinha é só um querer? Qual nada,  tem que aguentar a dor de arrancar os pelos pela raiz! 

A importância da pesquisa de preços

O copo do meu liquidificador quebrou já tem um tempo e eu sempre esqueço de comprar outro, resolvi colocar na minha lista de tarefas, só assim eu lembro. 
Procurei, procurei... Pesquisei. Ver se compensava, ou se era melhor comprar outro liquidificador, pois dependendo do preço do copo nem vale a pena.
Achei outro dia por 20,00, achei caro. Mas não tinha na hora, teria que voltar depois. Hoje fui em uma loja aqui perto do trabalho, na Praça João Mendes, perguntei e a senhora disse que tinha, antes que ela pegasse perguntei o preço e ela falou que era R$ 29,00 (vinte e nove reais) Devo ter feito uma cara... Sabem que eu sou bem transparente, (preciso corrigir isso) e eu falei tranquilamente que não compensava, que ela nem precisava pegar. Sai dali, andei mais uns 150 metros, atravessei a Praça da Sé e na rua da Caixa esquina com a Rua Roberto Simonsen comprei o mesmo copo por R$16,90 (dezesseis reais e noventa centavos!)
O mesmo copo, a mesma marca, "igualinho"... Quase a metade do preço, por uma caminhada de um quarteirão e meio, por um pouco de boa vontade de pesquisar e muita vontade de pagar um preço justo e não abusivo/extorsivo. 
Duvidam que na volta eu não parei na loja? Claro que eu parei e mostrei o copo e a nota. E a mulher, com cara bem sem graça, disse: "É, tem que pesquisar..." 
Caríssimos: pesquisem!  Valorizem o seu dinheiro. Valorizem o suor do seu rosto. Valorizem o seu trabalho e o quanto é difícil levantar cedo nesses dias frios! Por que eu valorizo!

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Dá um frio na barriga...

Tempo... Tempo

O tempo é relativo. Já cansamos de ouvir essa expressão! 
O tempo é senhor da razão! 
Lembro de Collor: "O Tempo é inexorável!"
O tempo depende muito de que lado da porta você está! Se estiver do lado de dentro de um único banheiro, cinco minutos não é nada, porém se estiver do lado de fora e apertado, 30 segundos é uma eternidade... 
Se estiver atrasado quinze minutos para um encontro, é pouca coisa, mas se estiver em pé, de salto alto, depois de um dia inteiro de trabalho, quinze minutos é suficiente para ter uma crise!
Quantos dias que desejamos ardentemente que acabe o expediente e não chega o horário nunca, mas quando estamos em uma atividade prazerosa passa rápido demais!
"O tempo voa... e com ele caminhamos todos juntos, sem parar.."
"O tempo cura tudo..."
"Vamos dar um tempo?" 
"Vamos dar tempo ao tempo..." 
"O tempo passa, o tempo voa e a poupança..."
"O tempo é implacável!"

Cada pessoa tem o seu tempo! 
Para alguns demora para "cair a ficha", para outros é muito rápido. Outras vezes patinamos, patinamos e não saimos do lugar e depois de uma hora voamos contra o tempo.

Tempo, tempo, tempo

Não, eu não tenho tempo... O meu tempo acabou. 
Cada coisa a seu tempo...
Quando eu tiver tempo...
Ahhhh o tempo não passou para você.

O tempo foi injusto comigo.

O seu tempo acabou!

 “Ninguém pode voltar no tempo e fazer um novo começo. Mas podemos começar a fazer um novo final.”  (Chico Xavier)

sábado, 2 de junho de 2012

Satisfações

A vida anda corrida. Faculdade, trabalho, casa, comida, blog, trabalhos da faculdade, provas, pesquisas...
Algumas coisas vão ficando para trás. As prioridades vão se revezando. Agora acabou as provas, vamos aos próximos itens. A casa está precisando de uma boa faxina, mas a roupa em primeiro lugar, vou lá passar depois eu volto por aqui...
Fiz algumas mudanças no Blog, não gostei, voltei atrás e depois eu recomeço.