domingo, 2 de outubro de 2011

Aprendendo

Faço um discurso sobre pensamento alheio para a minha amiga e como ajo depois? Fico pensando em como o outro pode estar pensando... Não tem lógica que eu fale, fale e não use para mim.
Falo tanto sobre Deus, sobre nada acontecer por acaso, que estamos no lugar certo na hora certa e com as pessoas certas. Mas até onde as coisas acontecem de determinada maneira por que tinha que acontecer ou porque aconteceram dessa forma por que agi daquela? Será que tinha mesmo que acontecer ou será que é a reação da ação??? E Deus permitiu que acontecesse para que eu aprendesse alguma coisa com isso? Se for assim, será que eu aprendo?
Acho que a resposta está em ficar mais quieta, confiar mais, falar menos, consequentemente erro menos também! E errando menos economizo novos aprendizados...


*Escrito em abril 2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário