quinta-feira, 22 de setembro de 2011

"Porquês"

Eu estava pensando... Eu penso, penso até mais do que deveria.

Eu estava pensando no que fazemos, por que fazemos e o que nos motiva a fazer determinadas coisas.
As vezes o ato em si não é tão importante, mas o porquê desse ato. Entende? Agir de determinada forma, fazer algo, Por que estamos fazendo isso e por que estamos fazendo dessa forma. O "o que" e o "como".

Primeiro: O que a pessoa fez? Fez isso mesmo? Nossa que coisa; ele(a) fez isso mesmo??

O ato em si,

Mas aí depois que sabemos descobrimos o que a pessoa fez, passado o primeiro impacto, por que dependendo do que a pessoa fez, gera um impacto em nós, uma reação; a toda ação corresponde uma reação igual e contrária, já diria o sábio...

Aí começamos a analisar  o que leva uma pessoa a tomar determinadas atitudes e como tomou essa atitude passamos para um segundo ponto:  O que levou a tomar essa atitude. o que motivou, o que impulsionou a agir dessa ou daquela forma. Por que as pessoas agem de acordo com uma motivação, uma alavanca, vai saber o que impulsiona as pessoas para agirem assim ou assado... E aí chegamos ao por que, por que fulano agiu assim? Por que???  O que motivou a fazer isso!

Ahhhhh, aí chegamos a parte principal: Para quê. Para quê a pessoa age dessa forma, o que ela pretende alcançar agindo assim ou assado. O que será que ela vai ganhar agindo assim. O que ela almeja conquistar com essa atitude?


aiaiaiaiaiiii continuemos a trabalhar e deixar para pensar depois.

Nenhum comentário:

Postar um comentário