sábado, 2 de abril de 2011

Sonhei com a Pitchula

Nessa noite sonhei com a Pitchula. Estou me sentindo tão bem! 
Durante essa semana eu li um livro espírita, escrito pelo Marcel Benediti, médico veterinário, espírita, que morreu no ano passado por causa de um câncer de pulmão. Bom esse livro relata a trajetória de animais depois da morte. Não preciso nem dizer que derrubei algumas(várias) lágrimas durante a leitura... Ahhhh o livro se chama: Todos animais merecem o céu. 
Depois (antes e durante...) dessa leitura fiquei pensando na Pitchula, lógico! E nessa noite tive um sonho bom. Sonhei que eu encontrava ela em uma casa que poderia ser a minha lá no rancho, ela estava linda, com a aparência rejuvenescida, com os pelos brilhantes, reluzentes. Com luz própria mesmo. uma visão muito bonita. 
Eu a via perto de umas crianças e mentalmente falava para ela: "Não vá estranhar as crianças, elas podem se assustar..." Mas pelo contrário, ela brincava com as crianças! Só em sonho mesmo, ou só em outra vida mesmo, por que nessa Pitchula era bem "anti social".
Apareceu uma mulher e eu conversava com ela sobre a doença da Pitchula, e ela olhava a pequena cadela e perguntava como ela estava tão bem apesar da doença e eu falava que a Pitchula estava morta, que tinha morrido em dezembro, a mulher me olhava com aquela cara de: "essa deve ser louca" e virava as costas e ia embora.
Eu peguei a Pitchula no colo, fiz carinho nela, conversei com ela e voltei para cá sozinha.

Um comentário:

  1. Tem uma lenda, que diz que todo animal que morre,fica brincando num campo verde, com um riacho ao lado de uma ponte, esperando seu dono para atravessar a ponte para
    outra jornada juntos.Acho a ideia bem legal,apesar de não
    ser religiosa.

    ResponderExcluir