sábado, 30 de abril de 2011

Casamento Real - da série perguntas

O que leva as pessoas a se deslumbrarem tanto com um casamento de outros?
Eu não consigo entender o que move as pessoas nessa história toda. Por que tanto interesse na vida alheia?
Por que será que dois bilhões de pessoas param para assistir um casamento de pessoas que não conhecem e que provavelmente nunca vão conhecer?  Será que eu sou tão diferente? Será que dois bilhões de pessoas pensam tão diferentes de mim? Será que existe pessoas que pensam como eu?
 Veja essas revistas de fotos e fofocas, o que leva tanta procura? O que as pessoas procuram encontrar nessas revistas? O luxo que não tem? A ilusão que a felicidade existe? Um mundo de faz de conta? Ou saber que as pessoas famosas podem ser tão comuns como elas mesmas? Será que "vivendo" a vida dos outros vão se sentir melhor? Acho interessante que as pessoas comentam sobre famosos, Big Broders, personagens das novelas como se fossem íntimos delas. Esquisito não é mesmo? 
Está certo que nem novela eu assisto, será que errada sou eu? Eu tenho coisas mais importantes para fazer do que acompanhar o destino de fulano ou Sicrano, seja na novela, ou nas revistas. Nem essas séries americanas eu consigo assistir assiduamente, uma vez ou outra eu até posso parar na frente da televisão em um momento "alienante", no meu ponto de vista. Provavelmente no dia seguinte eu nem me lembro mais do teor do filme que assisti, então para que perder um tempo  tão precioso? O que faço com meu tempo? Bom, eu leio, pesquiso, aprendo sobre coisas diferentes, escrevo, faço minha unha, arrumo armários, costuro roupas novas para mim. Ou seja, eu produzo; faço alguma coisa de útil, isso no meu ponto de vista, claro! Pode ser que para as outras pessoas o mais importante seja saber da vida alheia! 
Não, eu não assisti ao casamento real! Sim, eu vejo a Caras em consultórios e cabeleireiros, mas mais para ver modelos de roupas!

2 comentários:

  1. Somos duas viu xará? Também não entendo tanta fascinação com os pombinhos lá da Inglaterra e com as celebridades nacionais. Alias, a idéia de príncipes e princesas e rainhas pra mim é tão ultrapassada, coisa mais sem sentido. São pessoas normais, nem um pouco diferentes de todas as outras do planeta. Acho esse excesso de interesse na vida dessas pessoas uma pobreza de espírito enorme. Também arrumo coisas mais agradáveis e produtivas pra eu fazer. Beijo

    ResponderExcluir
  2. Com toda a razão! No entanto, desperdiçou tempo para escrever essa baboseira!

    ResponderExcluir