domingo, 9 de janeiro de 2011

O que fazer após uma decepção?


Todos nós pensamos que uma decepção é ruim. Pode ser que a principio seja muitooooo ruim, mas os benefícios que pode acarretar são ótimos. 
Por que nós nos decepcionamos? Por que nos iludimos, criamos expectativas em relação a uma situação, a uma pessoa, certo? Quando sofremos a decepção sentimos frustração,  raiva, mágoa... Mas depois de passado esses sentimentos, por que passa, se quisermos é claro! Não somos masoquistas para ficarmos destilando esse veneno dentro de nós indefinidamente. Nós sentimos até onde for necessário, curtimos essa raiva, imaginamos vinganças e revezes. Mas passa. 
Agora o importante é: O que vamos fazer a partir daí! Podemos continuar nos iludindo( e nos decepcionando outras vezes...), podemos continuar a sentir raiva, podemos planejar vinganças, e podemos usar essa decepção em nosso favor. 
Qual a atitude mais inteligente? Usar essa decepção, essa frustração para nos impulsionar para a frente. Por que a partir do momento que nos despojamos das ilusões, sejam elas em relação a uma situação ou a uma pessoa, nós ficamos mais leves e mais abertos a coisas novas. A função de uma decepção é abrir caminho, é abrir portas da nossa mente. é nos impulsionar, nos alavancar. É como um pontapé, pode até parecer ruim a primeira vista, pode doer, mas que nos obriga a ir para frente, levantar e seguir adiante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário