domingo, 15 de agosto de 2010

Pitchula continua debilitada

No dia 11 de Agosto, quarta feira, a Pitchula estava bem, até brincou com o enfermeiro que tirou sangue dela, estava esperta, animada, normal para a idade e situação dela. Porém o resultado do exame de sangue não foi bom, a Ureia de 148 foi para 291, ou seja; dobrou. A Creatinina que estava em 1,7 foi para 2,2. Os resultados anteriores eram do dia 22 de Junho, um mês e meio, os níveis já vinham se mantendo a algum tempo nesses índices. O aumentou me assustou. O que fazer? Aumentar a Fluido-terapia, de 2 vezes por semana aumentar para dia sim, dia não. 
Chegamos em casa a Pitchula continuava normal, mas parece que ela escutou o resultado do exame, não é possível, no dia seguinte começou a passar mal, vomitando, não quis comer e nem beber água. Sexta feira pior ainda, no sábado vomitou direto, tinha vomito pela casa inteira, menos no sofá, por que ela não conseguiu subir lá. Mas tinha na cozinha, no banheiro, no corredor, na minha cama. Tive que lavar dois cobertores, um edredon e a caminha dela. Até eu estava cheirando azedo. Falei com A Drª Vera na sexta e ela mandou dar para ela a Ranitidina para proteger o estômago. Na sexta a noite dei comida para ela, fiz uma sopinha e dei na boca dela, mas ela vomitou. No sábado de madrugada ela vomitou três vezes, imagina eu trabalhar no sábado, 12hs e deixando ela sozinha? Ainda bem que tenho um Anjo Especial, Ele que veio aqui no horário do almoço e deu uma olhada nela, levando até uma mordidinha, me ligou e deixou mais tranquila. 
Sábado a noite, ela não quis nem fazer xixi, também não tinha liquido nenhum dentro dela, já está meio desidratada. Mas eu dei comida a noite e ela segurou, já me animei um pouco. Hoje de manhã bati uma batata crua no liquidificador, com cenoura coloquei um pouco de mel e dei na boca, segurou. Fui no mercado, comprei água de coco, farinha de aveia, comidinha de bebe, cenoura, beterraba, tudo pensando na alimentação dela. Dei a comida de nenem, a cada 2 hs umas duas colheres de sopa. Segurou. Fico mais aliviada nesse ponto. Porém por outro, estou derrubada. Ela ficou na mesma posição o dia inteiro, não quer se  mexer. Está com os olhinhos espertos, mas o corpo não ajuda. Está fadigada. O coração não deve estar funcionando de acordo, a certeza disso é a língua azulada 
Já chorei tanto, mas tanto que chegou uma hora que eu pensei que não ia abrir mais os olhos de inchados que estavam. Acho que minha velhinha está se apagando... Vou parar por aqui senão começo a chorar de novo!

4 comentários:

  1. Deu aperto aqui lendo isso. Estou torcendo...

    ResponderExcluir
  2. Silvia Dutra/ Sinhá Clementina da Camiranga15 de agosto de 2010 23:13

    ô querida, também fico triste, imaginando sua dor. Força pra você.
    Beijos da Sinhá, sua xará

    ResponderExcluir
  3. Silvia não perca as esperanças, sei bem o que está sentindo, mas tenha fé.

    ,

    ResponderExcluir
  4. Carissimos,

    obrigada pela torcida.

    bjsss

    ResponderExcluir