segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Noticias de Pitchula

Levei no HOVET USP hoje, como era rodízio do meu carro, sai depois das dez horas, de manhã estava muiiiitoooo frio e fiquei com dó de tira-la para fora da cama. O Dr. Guilherme deu um primeiro atendimento disse que o coração não estava tão mal quanto eu pensei e já mandou colher sangue para ver a quantas anda os rins, após verificarem a pressão e a temperatura colocou-a no soro. A pressão estava ligeiramente baixa, a temperatura também, por isso que ela estava tremendo feito vara verde, com o frio que está fazendo em São Paulo e mais a temperatura dela baixa, mais um pouquinho congelava... Soro na veia para a Pitchula é complicado; tem que ser bem devagar, mas bem devagar mesmo, imagina uma gota minúscula a cada três segundos? Imagina o quanto demora para ir 100 ml para dentro da veinha dela? Horasssss Fiquei lá até as cinco e pouco, quando fecha o Hospital, o médico queria que ela ficasse lá, mas como conheço meu eleitorado, disse que era fora de cogitação. Ela não ficaria sozinha de jeito nenhum, surtaria com certeza. 
Bom, o resultado do exame de sangue, função renal, não foi nada animador, a Uréia (uremia) subiu para mais de 400 e a Creatinina está em 5.5. Ou seja, os níveis estão altíssimos! O sangue está envenenado, cheio de toxinas que pode afetar todos órgãos. Mas por incrível que pareça a Pitchula está bem. Não está vomitando, está mais espertinha, fez xixi e cocô, não muito durinho, mas também não estava mole demais. Já falei que a alegria de mãe é cocô durinho? Se estiver durinho é por que o ser está se alimentando direito, se está se alimentando direito é por que está bem. Mas a situação dela é séria. Precisa limpar esse sangue, o médico tirou os diuréticos, para que os rins funcionem melhor, mas por outro lado tem que ficar atenta para que não faça edema no pulmão. É uma linha muito tênue, tem que tentar  haver um equilibro entre a insuficiência cardíaca e a insuficiência renal. Não é fácil, mas estamos mais animados, pois ela parece melhor. amanhã estaremos lá para mais uma sessão de soro.

A creatinina e a uréia são provas de função renal (avaliam a função dos rins). São exames solicitados de forma rotineira entre os cardiologistas.Como o coração e os rins funcionam de forma paralela (o coração bombeia o sangue até os rins , para que este possa filtrá-lo), a análise das provas de função renal é fundamental para os pacientes cardiopatas. fonte: http://portaldocoracao.uol.com.br/materias.php?c=exames&e=1580

Um comentário:

  1. Silvia,

    Imagino que nao seja fácil. A Sol tem uma boa saúde, mas também ainda é bem nova (3 anos), mas nao suporto quando ela fica meio pra baixo, imagina doente.

    Mas a Pitchula é forte e logo estará boa de novo e aprontando todas.
    Boa sorte para vocês.

    ResponderExcluir