domingo, 29 de agosto de 2010

30.000

Puxa, passei dos trinta e não tinha percebido...

Trinta mil visitantes, depois da colocação do contador. Obrigada.

Merecimentos

Eu devo ter muito merecimento lá em cima, devo ter ajuntado alguns créditos, ou a Pitchula tem...
A minha pequena cadela saiu da crise renal, Ufa, nem acredito. Saiu rápido, em dez dias já voltou a comer normalmente e os indices do exame de sangue reduziram significativamente. A creatinina que estava em 5.5 caiu para 1.9 e a Uréia de 461 para 183!!!!!! Acho que até os médicos devem se surpreender, a expressão da drª Vera era de felicidade, quando me deu os resultados. Uma cadelinha com tantos problemas físicos; cardíacos, renais e senis, se recuperar tão bem de uma crise. Acho que São Francisco de Assis e o dr Bezerra de Menezes falam entre si: "Vamos atender logo essa mulher, senão ela não deixa a gente em paz!". Nada disso; devem falar: 'ela é uma boa pessoa, vamos dar um sopro de vida para essa "cã"'. 

E tenho também uma porção de amigos que vibram por nós duas. Muito obrigada a todos, que com suas energias positivas nos ajudaram nessa.

domingo, 22 de agosto de 2010

Alimentação de Pitchula

De manhã: banana prata amassada com farinha de aveia e um pouquinho de mel.

No meio do dia: beterraba crua, cenoura e um pouco de água, processo e coloco um pouco de farinha de aveia para dar liga.

Mais tarde: Inhame cru, maçã processados e tiquinho de mel.

A noite: repito o almoço.

A Teca trouxe pés de frango, cozinhei bem molinho e dou um pouco da cartilagem, não é muito conveniente por que é proteína animal, mas na atual situação, o ideal é que ela se alimente. "saco vazio não para em pé!"

Alguns podem até falar: "Nossaaaa tudo isso por um animal?" ( E falam; ou pensam...) Lógico, é minha responsabilidade a saúde dela, eu me comprometi com isso quando a peguei para criar. Se fosse um ser humano o carinho e a atenção seria a mesma ou maior, com certeza. 


* Proteína animal é ruim por causa da Creatinina alta, pode aumentar mais ainda.

Noticias de Pitchula 22/08

Eu devo ter lá meus merecimentos...Devo ter  angariado uns créditos lá em cima com o Senhor; ou eu ou a Pitchula, pois ela está bem melhor. A uma semana eu estava aqui me debulhando em lágrima e ela prostrada no sofá, e hoje ela está de banho tomado, tomando sol  lá no quarto e eu aqui agradecendo ao Senhor a graça concedida... Qualquer pessoa que teve um animal renal em casa sabe como é difícil a recuperação de uma crise. A Pitchula mesmo, depois daquela crise horrorosa de 2007 demorou MESES para voltar ao normal e agora mais velha, com os índices BEM mais altos, já está melhor, pelo menos aparentemente. Amanhã saberemos os resultados de um novo exame de sangue. Não está comendo sozinha, mas eu dou comida e ela come, por livre e espontânea pressão, mas come, e não regurgita. 
Ontem ela começou a tossir, deve estar começando a fazer Edema no pulmão, voltei com o diurético, por minha conta e risco. Melhor não sobrecarregar o coração. E já parou a tosse, menos mal.
Já está indo atrás de mim para todo canto, até procura comida, mas não consegue comer, a drª Vera acha que pode ter alguma lesão na boca, por causa da uréia e da creatinina, mas quem disse que ela deixa ver? Ela trava aqueles dentinhos na nossa carne que é uma beleza. Ela não ouve mais, enxerga pouco, mas os dentes...ela os tem todos, e faz uso deles muito bem, pelo menos na nossa mão. Cadelinha safada!

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Noticias se Pitchula 18/08

Fomos no Hovet USP de novo. Pitchula tomou 100 ml de soro na veia. Está mais animadinha. Vejo que ela tem fome, mas não consegue comer, já emagreceu 500g em uma semana, têm noção do que é isso? é quase 10 % (dez por cento) do peso dela. Quanto você pesa? Imagina perder quase 10% em uma semana? Seria bem legal... Mas não no caso dela, por motivo de doença ninguém quer, melhor ser gorda e com saude. 
Mas voltando, eu não sei mais o que fazer para que a Pitchula coma de livre e espontânea vontade. Tenho feito N coisas para ela, mas ela só tem comido por livre espontânea pressão. Levei para o hospital papinha de nenem, a médica ainda se admirou, pensando que ela ia comer sozinha, que nada, dei de colherinha na boca dela, e comeu. Em casa fiz franguinho...nada, ela bem que tentou, mas não conseguiu comer, fiz um mingauzinho de farinha de aveia, ela cheirou e nada, daí dei na boca, pelo menos umas colheradas comeu. E ela ia procurar comida, mas não conseguia, tadinha, cozinhei uma beterraba, amassei e dei na boca, comeu um quarto de beterraba, já fiquei feliz. Mas pelo menos ela está andando, ativa, bem diferente do domingo que ela ficou largada o dia inteiro. Sem ação, nada! Só olhos ainda tinham alguma vida, o corpo parecia entregue. 
Sei que o resultado do exame é assustador, mas visivelmente ela está se recuperando. Já recuperei meu otimismo!
Ficamos tão contentes hoje, a anos tento fazer com que a Pitchula faça xixi dentro de casa, é complicado um animal que só faz as necessidades na rua, as vezes tá chovendo, outras temos outros compromissos e temos que adequar o costume dela, outras vezes ter que sair em um frio, como hoje. E ela fez xixi de manhã no corredor,. o que seria motivos de briga, aqui em casa é e felicidade. E agora a noite ela fez no banheiro. Pronto, tirou um peso das minhas costas, agora sei que se eu não chegar a tempo, ela se vira..Que bom!

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Noticias de Pitchula

Levei no HOVET USP hoje, como era rodízio do meu carro, sai depois das dez horas, de manhã estava muiiiitoooo frio e fiquei com dó de tira-la para fora da cama. O Dr. Guilherme deu um primeiro atendimento disse que o coração não estava tão mal quanto eu pensei e já mandou colher sangue para ver a quantas anda os rins, após verificarem a pressão e a temperatura colocou-a no soro. A pressão estava ligeiramente baixa, a temperatura também, por isso que ela estava tremendo feito vara verde, com o frio que está fazendo em São Paulo e mais a temperatura dela baixa, mais um pouquinho congelava... Soro na veia para a Pitchula é complicado; tem que ser bem devagar, mas bem devagar mesmo, imagina uma gota minúscula a cada três segundos? Imagina o quanto demora para ir 100 ml para dentro da veinha dela? Horasssss Fiquei lá até as cinco e pouco, quando fecha o Hospital, o médico queria que ela ficasse lá, mas como conheço meu eleitorado, disse que era fora de cogitação. Ela não ficaria sozinha de jeito nenhum, surtaria com certeza. 
Bom, o resultado do exame de sangue, função renal, não foi nada animador, a Uréia (uremia) subiu para mais de 400 e a Creatinina está em 5.5. Ou seja, os níveis estão altíssimos! O sangue está envenenado, cheio de toxinas que pode afetar todos órgãos. Mas por incrível que pareça a Pitchula está bem. Não está vomitando, está mais espertinha, fez xixi e cocô, não muito durinho, mas também não estava mole demais. Já falei que a alegria de mãe é cocô durinho? Se estiver durinho é por que o ser está se alimentando direito, se está se alimentando direito é por que está bem. Mas a situação dela é séria. Precisa limpar esse sangue, o médico tirou os diuréticos, para que os rins funcionem melhor, mas por outro lado tem que ficar atenta para que não faça edema no pulmão. É uma linha muito tênue, tem que tentar  haver um equilibro entre a insuficiência cardíaca e a insuficiência renal. Não é fácil, mas estamos mais animados, pois ela parece melhor. amanhã estaremos lá para mais uma sessão de soro.

A creatinina e a uréia são provas de função renal (avaliam a função dos rins). São exames solicitados de forma rotineira entre os cardiologistas.Como o coração e os rins funcionam de forma paralela (o coração bombeia o sangue até os rins , para que este possa filtrá-lo), a análise das provas de função renal é fundamental para os pacientes cardiopatas. fonte: http://portaldocoracao.uol.com.br/materias.php?c=exames&e=1580

domingo, 15 de agosto de 2010

Pitchula continua debilitada

No dia 11 de Agosto, quarta feira, a Pitchula estava bem, até brincou com o enfermeiro que tirou sangue dela, estava esperta, animada, normal para a idade e situação dela. Porém o resultado do exame de sangue não foi bom, a Ureia de 148 foi para 291, ou seja; dobrou. A Creatinina que estava em 1,7 foi para 2,2. Os resultados anteriores eram do dia 22 de Junho, um mês e meio, os níveis já vinham se mantendo a algum tempo nesses índices. O aumentou me assustou. O que fazer? Aumentar a Fluido-terapia, de 2 vezes por semana aumentar para dia sim, dia não. 
Chegamos em casa a Pitchula continuava normal, mas parece que ela escutou o resultado do exame, não é possível, no dia seguinte começou a passar mal, vomitando, não quis comer e nem beber água. Sexta feira pior ainda, no sábado vomitou direto, tinha vomito pela casa inteira, menos no sofá, por que ela não conseguiu subir lá. Mas tinha na cozinha, no banheiro, no corredor, na minha cama. Tive que lavar dois cobertores, um edredon e a caminha dela. Até eu estava cheirando azedo. Falei com A Drª Vera na sexta e ela mandou dar para ela a Ranitidina para proteger o estômago. Na sexta a noite dei comida para ela, fiz uma sopinha e dei na boca dela, mas ela vomitou. No sábado de madrugada ela vomitou três vezes, imagina eu trabalhar no sábado, 12hs e deixando ela sozinha? Ainda bem que tenho um Anjo Especial, Ele que veio aqui no horário do almoço e deu uma olhada nela, levando até uma mordidinha, me ligou e deixou mais tranquila. 
Sábado a noite, ela não quis nem fazer xixi, também não tinha liquido nenhum dentro dela, já está meio desidratada. Mas eu dei comida a noite e ela segurou, já me animei um pouco. Hoje de manhã bati uma batata crua no liquidificador, com cenoura coloquei um pouco de mel e dei na boca, segurou. Fui no mercado, comprei água de coco, farinha de aveia, comidinha de bebe, cenoura, beterraba, tudo pensando na alimentação dela. Dei a comida de nenem, a cada 2 hs umas duas colheres de sopa. Segurou. Fico mais aliviada nesse ponto. Porém por outro, estou derrubada. Ela ficou na mesma posição o dia inteiro, não quer se  mexer. Está com os olhinhos espertos, mas o corpo não ajuda. Está fadigada. O coração não deve estar funcionando de acordo, a certeza disso é a língua azulada 
Já chorei tanto, mas tanto que chegou uma hora que eu pensei que não ia abrir mais os olhos de inchados que estavam. Acho que minha velhinha está se apagando... Vou parar por aqui senão começo a chorar de novo!

Pimobedam

Em 22 de julho levei a Pitchula para consulta no HOVET-USP  consulta de rotina, Cardiologista e Clinica.
Como a Pitchula tinha jantado tarde, o exame de sangue dela não deu certo, tinha muita gordura e não deu para ver a função renal. E de acordo com a situação cardiaca dela, o cardiologista; Dr. Guilherme T. Goldfeder, decidiu entrar com o Pimobendam associando com a medicação atual e marcou para o dia 11 de agosto para avalia-la. 

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Pitchula não está bem

A Pitchula não está legal. Não comeu ontem o dia inteiro, vomitou uma placa amarela, não bebeu água. está largadinha. Imagina como eu estou?

sábado, 7 de agosto de 2010

Corpos


Fui ver a exposição Corpos lá na Oca do Ibirapuera.
É fantástico. Até mesmo para mim que estou acostumada ver ao vivo, mas sem vida e em cores, é fascinante ver esses corpos conservados e em posições diversas, como se estivessem vivos. Para quem não conhece é uma aula e tanto. 
O primeiro corpo que vi lá, o cara jogando bola, me arrepiou. É uma emoção muito forte. Ver um corpo que já teve vida, morto, conservado e em uma posição ativa! Por que vemos corpos mas inertes e em posições "mortas", entendem? Ali os músculos estão estiradinhos, como se estivessem em movimento. 
Não vou negar que me emocionei. Meus olhos marejaram. Fiquei pensando se todas as pessoas se emocionam ou eu que sou boba. 
Eu queria mais, queria que tivesse mais corpos, de várias idades para poder ver as diferenças. 
Queria que estivessem mais colorido, o processo de conservação ainda está bem longe do natural. Parece mesmo uma coisa plastificada, quando que; ao vivo é bem mais colorido, com um brilho "molhado". Não difere muito dos conservados em formol, que também ficam acinzentados. 
Gostaria de entender como eles conservam as veias. 
Tem de tudo lá dentro, uma senhora aula de anatomia. Todos órgãos representados, bem organizado. Bem clara as explicações. Muito boa mesmo. Vale a pena, mesmo para aqueles que sentem um certo repudio em ver o corpo humano. 

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Propagandas contrárias

Estava passeando com a Pitchula e reparei que alguns carros tinham papeis no limpador de parabrisa, e fiquei pensando em quanto as pessoas não pensam racionalmente. Vejam bem, qual o papel que se coloca no limpador de parabrisa? Isso: MULTAS. então o proprietário chega no carro e vê um papel no limpador, o que ele pensa? Ele se irrita,  solta um palavrão e pega o papel pensando que é uma multa, quando vê que é uma propaganda, o que ele pensa do infeliz que anunciou ali? Será que ele pensa vou comprar esse produto? NÃO! O que faz? Isso, solta outro palavrão e fica com raiva do anunciante, amassa o papel com raiva e joga fora.
Daí conversando com o porteiro do prédio ele dá outro exemplo, os caras que distribuem folhetos de pizzaria. Ele disse que fica com muita raiva quando jogam os folhetos debaixo da porta do prédio. Será que as pessoas não pensam que o porteiro é um aliado na propaganda? O ideal era entrar, conversar com o porteiro e até oferecer uma pizza de vez em quando, não, jogam debaixo da porta, espalhando e obrigando o porteiro a pegar os papéis, será que o porteiro vai distribuir em seguida? Não, ele vai ficar irritado por ter que pegar e vai jogar fora, natural, uma reação normal de uma pessoa irritada com uma situação.
Aqueles folhetos que distribuem na rua; as pessoas "enfiam" na gente, não se importando se estamos com as mãos ocupadas, é quase uma agressão. A gente pega o folheto e faz o quê? Lê e guarda para usar? Não, amassamos e jogamos fora. Será que alguém lê e guarda para usar/comprar/consultar mais tarde? 
É, a propaganda é alma do negócio, mas as vezes pode ser uma alma penada...


domingo, 1 de agosto de 2010

Tempo para ser feliz

A Pitchula para na porta do quarto e me chama para brincar. Nossa brincadeira é na cama, ela foge de mim e quer que eu tente pegá-la. Corre para um lado da cama e eu cercando com os braços, ajoelhada no chão.  Ou dou o ossinho palito e ela me provoca para que eu tente tirar dela, daí ela rosna, valente que só É uma festa, dura pouco, pois ela logo se cansa; o coraçãozinho dela pede arrego, percebo que ela sente falta de ar; a lingua se azula. Depois eu chamo, fazendo sinal com as mãos e ela vem "engatinhando" e se enrosca nos meu abraço. 
São alguns minutos, tão poucos, mas deixam ela feliz. E eu também.

Quando estou com ele, dedico meu tempo a ele, deixo o computador de lado, deixo a louça sem lavar, deixo tudo de lado, aproveito o tempo para ser feliz!

Lembro da minha mãe, uma briga constante do meu pai com ela era a noite por causa da louça na pia, ela queria lavar e ele queria que ela desse atenção a ele. Os dois já estão mortos, devem ter perdido a oportunidade de se curtirem mais, pelo menos, para mim, serviu de aprendizado. 

Essa semana, um conhecido reclamou que depois que o filho nasceu a esposa não tem mais tempo para ele. Depois o sujeito acha alguém que lhe dê  atenção e "crucificam" ele.
Outro, pais que chegam em casa do trabalho a noite e não dão atenção para os filhos, não precisa muito tempo, as crianças se contentam logo, é só uns momentos, mas que podem fazer tanta diferença ao longo da vida. 

* O que eu estou procurando aprender é não dar tanta importância a coisas pequenas que "roubam" o meu tempo de ser feliz.