quarta-feira, 28 de julho de 2010

Pulgas caninas

   A Pitchula tem um sangue bem docinho; as pulgas a adoram. Eu acho que as pulgas já ficam esperando quando ela vai passear na rua; já ficam de prontidão: "Lá vem ela, a postos, se preparem: Pulem!".
É uma luta constante, se vacilo um pouco, lá está a Pitchula cheia de parasitas oportunistas. 
   Teve um época que houve uma infestação "demoníaca", eu não conseguia controlar. A minha casa é de tacos de madeira, o que não ajuda em nada a minha luta, mas às pulgas, como ajuda a proliferar! Usei todos produtos que me ensinavam. Até gasolina eu joguei nos tacos para ver se elas iam embora, por que matar eu já tinha desistido, elas procriavam mais do dobro da mortalidade. Usei aqueles produtos que usam em Pet Shop para limpar o local após os banhos. Usei todos os produtos existentes no mercado para dar banho, pingar no cangote pulverizar no ambiente e elas sempre voltavam.
   Nada contra a marca, mas até o mais famoso só durava uns quatro dias na Pitchula, acho que as pulgas criaram resistência. Quando comecei a usar nela durava meses, depois dias... Todo produto novo eu usava. Passava uns dias estava a coitadinha no coça coça de novo... E eu sou uma pessoa que procura informação, sei que 95%  das pestinhas ficam no ambiente, os meios dos tacos são um ótimo criadoro, sei que o combate tem que ser feito no geral: animal, ambiente, paninhos, tudo. Sabia o ciclo das pulgas direitinho, se tiver curiosidade, ou necessidade olhe nesse site da Merial  que explica direitinho. 
E eu fazia tudo direito. Como já disse, até gasolina eu joguei no chão. Lavei os tacos com baldes de Triatox. Mas elas voltavam.
   Até que usei o Revolution. Da Pfizer (Não estou ganhando nadinha da marca, nem desconto...) Na primeira vez que coloquei as pulgas foram todas para o focinho, isso mesmo: TODAS! Imagina todas pulgas indo para cima das narinas, naquele ponto entre o nariz e os olhos? Foi uma festa! Liguei para a Pfizer e falei com uma veterinária que disse que nunca tinha visto isso. Como na época não tinha as possibilidades de hoje, Internet, maquina fotografica, celular com filmadora, ela ficou sem ver. Matei muita pulga naquele dia, que Eca, mas era o dia da vingança!
   Conseguimos controlar as pulgas. Conseguimos acabar com a infestação, depois de anos de luta era um alivio!
    Hoje em dia é ficar esperta, olhar sempre e combater no ato.

   E quando ela "pegou" carrapatos?   Mas aí já é outro post...

3 comentários:

  1. Parece a minha! Depois que nos livramos das pulgas começou a aparecer com vários tipos de carrapato!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada! Estou procurando um bom tratamento anti-pulgas, e nada resolve. Vou experimentar esse remédio!

    ResponderExcluir
  3. Deinha, esse post é antigo, pode ser que já tenha outras alternativas. E eu bem que queria ter pulgas para "catar", se essa fosse a condição de ter a Pitchula de volta, snif...snif...

    bjssss e boa sorte.

    ResponderExcluir