quarta-feira, 7 de julho de 2010

Mansuetude...


Ontem eu tinha "exposição" do Evangelho naquela casa em Higienópolis que já tinha ido em Maio. Veja bem, eles me convidaram para ir ontem de novo, sinal que gostaram da outra, ou carência de expositores? (rsrsrs)
Bem, estava de acompanhante, a tarde,  num "evento" hospitalar, mas eu consegui adiantar o tema logo pela manhã. Por sinal, esse tema fui eu quem escolheu, de propósito diga-se de passagem, justamente para trabalha-lo primeiro comigo para depois passar para as pessoas. Não adianta a gente ir lá, falar bonito, ler muito, se preparar, se não houver "verdade" no que nós estamos falando. Sabe, faça o que eu mando não o que faço? E eu trabalhei muito esse tema em mim, a semana inteira li, refleti, coloquei no papel, refiz, tornei a refletir. Justamente eu, pavio curtinho, curtinho, mas eu tento, podem ter certeza que eu tenho consciência das minhas limitações e imperfeições e procuro corrigi-las.
Tema pronto: Mansuetude, acho essa palavra linda, mais bonito é o que ela pode passar; Bem aventurados os mansos, por que eles herdaram a Terra. Está no Sermão do Monte, no Evangelho de Mateus, no capitulo 5 versículo 5. Vou postar no meu outro Blog: Aprendizes da vida
Bom dai acontece um fato que me deixa p* da vida. Meu Deus, como se controlar quando as pessoas tentam lhe fazer de idiota? Como se controlar, ser mansa e pacífica, quando as pessoas lhe "tiram de otária" ???? Perdi o controle...e para recupera-lo depois? Como conseguir se acalmar para poder cumprir um compromisso assumido? Entrei debaixo do chuveiro, tomei um banho demorado. Orei, pedi a Deus que me ajudasse, tomei o restinho de agua fluidificada do meu "Evangelho no Lar" bem devagarinho. Me arrumei e fui. 
Cheguei cedo lá, uma musica suave, um ambiente acolhedor. E eu fiz a minha melhor palestra até hoje, falei uma hora sem ter voz para meia! Fui muito sincera, assumindo que as dificuldades de um é a mesma de todos. E a platéia atenta, sorvendo minhas palavras ditas em tom bem suave e baixo, bem manso, nem eu acredito como eu consegui! Só por Deus mesmo! No fim as pessoas ainda ficaram para conversar um pouco e detalhe: já fui convidada para voltar em agosto!!!

Ahhhh: Quanto ao acontecimento que me descontrolou: há males que vem para bem; toda adversidade trás em si a semente de um bem igual ou maior!

Nenhum comentário:

Postar um comentário