sábado, 3 de julho de 2010

Criança tem cada uma!

Com esse tempo seco, muitas pessoas têm reclamado que o nariz sangra, uma amiga teve uma pequena hemorragia mesmo, de ensopar toalha. O meu sangra pouco, só um pouquinho. Nessas conversas me lembrei do meu sobrinho; Ele tinha esse sangramento nasal direto e se sentia muito incomodado com isso.
Bom, vamos a historinha, que ele não me leia...Quando ele tinha uns quatro, cinco anos, não lembro direito, lembro sim, que minha irmã já estava separada do pai dele e tinha voltado para casa com ele, em casa era só meu pai e ele de homem, a mulherada maioria e ele estava sempre no meio de nós. Era a minha irmã, a mãe dele, a caçula e eu, quatro mulheres e ele no meio. Um dia, reunidas no banheiro, uma tomando banho, outra se depilando e no maior "ti-ti-ti" ele vira e fala: "Eu queria ser mulher!". Nós demos risadas e falamos tudo bem, mas mulher tem que usar salto, ele responde; eu uso... E nós: Mulher passa batom! Ele: eu passo... Nós: mulher depila; Ele: tudo bem, eu depilo... Quando não tínhamos mais argumentos saiu a pérola: Mulher menstrua, sangra todo mês e tem que usar Modds; ele na maior cara de choro responde: Não quero ser mais mulher!

Outra -- Ele ia com minha irmã todo dia de manhã para a creche que funcionava no mesmo prédio que ela trabalhava, entrava no ônibus e já começava a falar: "quem vai dar lugar para minha mãe sentar, ela está cansada e eu também!" Detalhe, minha irmã era bem novinha, por volta de 20 anos, era uma risada só dos passageiros!


E quando ele começou a fazer  chantagem com ela dizendo que ia morar com o pai? Qualquer contrariedade ele vinha com esse papo, bem típico de criança. Numa noite, ela subiu a escada, morávamos em um sobrado, e quando desceu veio com uma mala, a dele. Ela teve a "pachorra" de arrumar a mala, em silêncio, e colocando a mala no meio da sala disse para ele: "Liga para seu pai vir lhe buscar, sua mala está pronta." 
Deu dó, ele abriu a boca a chorar, mas nunca mais falou em ir morar com o pai para forçar uma barra!

2 comentários:

  1. Silvia Dutra/ Sinhá Clementina da Camiranga5 de julho de 2010 23:27

    fez muito bem sua irmã, de dar um susto no birrento. Minha filha uma vez, tinha uns 3 anos, começou a espirrar. Eu comentei: acho que você tá pegando uma gripe. E ela: você vai me dar "oseupatia"?
    Eu falei: não é oseupatia, é homeopatia.
    E ela: então, se é sua é "oseupatia"...ha ha ha.

    ResponderExcluir
  2. Xara,

    Comentario da sua filha foi muito lógico, rsrsrs Adorei.

    Tem um livro que recolheu algumas pérolas infantis, devia ser constantemente atualizado!

    Uma amiga minha está gravida, a filha dela, de três anos diz que o bebê está na "caixa".

    bjsss

    ResponderExcluir