domingo, 6 de junho de 2010

Noites insones - despedidas

É a terceira noite que a Pitchula dorme mal e eu também. 
Ela tossiu a noite inteira, está com dificuldade em respirar. Essa tosse é bem aquela do coração que não funciona bem. Eu sei disso, no frio é pior. Não sei se devo dar o remédio, o dilatador, ou devo aguardar. é ruim isso. 

Eu sei que devo me preparar, tenho feito isso nos últimos anos, não é fácil. 
Quando apareceu o problema no coração, me preparei, me informaram que não duraria muito. O prognóstico de um cardiopata  é uns dois anos pelas estatísticas. Depois ela teve o edema pulmonar, me preparei...
Depois a Insuficiência Renal, o prognóstico do Insuficiente Renal é um ano mais ou menos. Me preparei, teve momentos  ruins que eu pensei que tivesse que tomar uma atitude mais radical, ainda bem que não aconteceu....
Os nódulos nas mamas...
A unica síncope, nessa eu cheguei a me despedir, disse tudo o que ela representava para mim, o que ela me ensinou, o quanto eu aprendi a amar com ela. Ela foi ficando molinha, o coração foi diminuindo os batimentos, a respiração ficando cada vez mais lenta, como se fosse sumindo. Me despedi mesmo e agradeci a Deus por tudo, mas graças a Ele, ela voltou da Síncope.
Assim tenho me preparado nos últimos quatro anos. De crise em crise, de descoberta em descoberta. E já chorei muito, hoje também...
Ela está com quase quinze anos, sei que já ultrapassou todas as probabilidades e deixou as estatísticas para trás,  sei que um dia ela vai embora pra o quintal do Senhor, eu sei. 
A unica coisa que peço a Deus é que ela não sofra,  já sofreu demais a pobrezinha...
A respiração dela está mais difícil, ela cansa com muita facilidade e eu sinto o coração dela pulsar com frêmito na minha mão. Já virão um sopro desse? É estranho, a gente sente o sopro na mão...
Mas ela está bem, por incrível que pareça, depois de três noites péssimas, ela está bem, com fome e gulosa. E assim eu vou me preparando, sofrendo por antecipação, mas ela não percebe por que eu disfarço bem, ela não percebe, ainda bem...

3 comentários:

  1. Fiquei com o coração apertado aqui...

    ResponderExcluir
  2. Oi xará
    Eu também fiquei com o coração apertado, pensando nela e em você. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ô Silvia,
    Deve ser duro vê-la passando por tudo isso. Mas numa coisa você tem razão: tomara que ela não sfra mais ainda.
    Como ela tá agora?
    Eu não sei o que faria sem a minha Sol (mas ela ainda é muito jovem) 3 aninhos.
    Beijos
    Fique bem!

    ResponderExcluir