sábado, 20 de junho de 2009

Histórias de Pitchula -- Ração


A Pitchula tem muitas histórias, pitorescas, vou contar algumas:
Uma vez comprei uma ração, não consigo lembrar a marca, já tentei, tentei, mas não lembro. Acho que apagou da minha memória. Mas lembro que era um grão meio estrelado. Alguma coisa parecida com meu desenhinho horroroso. Era uma ração cara, marca boa.
Bom, notei que a Pitchula ficou uns dois dias sem comer, como ela não tinha problema nenhum de saúde na época não me preocupei muito.
Quando voltei do trabalho numa noite, ela estava no sofá e tinha uma mancha de sangue perto dela. Lógico que me assustei, mas eu sou controlada nessa hora, comecei a fazer carinho nela e procurar algum machucado. Nada. Daí reparei que ela levava a pata a boca, comecei a olhar os dentes e achei. O grão da ração encaixou no espaço de dois dentes e já devia estar ali há uns dois ou três dias, me senti a "mãe" mais relapsa desse mundo. Peguei uma pinça e com cuidado tirei o grão. Já estava até com mal cheiro. Tadinha, deve ter ficado tão incomodada...Tinha um buraco no lugar, limpei, tinha líquido de Darki e passei. Sarou rápido, cães levam essa vantagem, se recuperam muito fácil.
Liguei para a empresa e contei o ocorrido, afinal poderia ter sido bem pior. E aqueles cachorros que as pessoas não ficam em cima, como eu? o que poderia ter acontecido? Nem preciso dizer que nunca mais comprei aquela marca. E me preocupo sempre em olhar os dentes dela, que por sinal não tem nem tártaro!

Nenhum comentário:

Postar um comentário