domingo, 10 de maio de 2009

Voz

Estou sem voz. De novo, de repente. Começou na sexta feira a arranhar a garganta. Uma coceirinha chata e  no sábado de manhã cadê a voz? Justamente no sábado que eu tinha que falar para os adolescentes sobre profissões. Consegui falar tudo, falaria até mais, ainda bem.
É estranho isso. Eu estava bem, sem ansiedade nenhuma. Tranquila. Fisicamente bem também. Do nada some a voz! durante o dia melhora um pouco. Hoje amanheci sem voz de novo. Acho que preciso falar com a Marilia...

Nenhum comentário:

Postar um comentário