segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Sejamos donos da nossa boca, para não sermos escravos de nossas palavras.

  • Sejamos donos da nossa boca, para não sermos escravos de nossas palavras.
  • Sejamos donos da nossa boca, para não sermos escravos de nossas palavras.
  • Sejamos donos da nossa boca, para não sermos escravos de nossas palavras.
  • Sejamos donos da nossa boca, para não sermos escravos de nossas palavras.
  • Sejamos donos da nossa boca, para não sermos escravos de nossas palavras.
  • Sejamos donos da nossa boca, para não sermos escravos de nossas palavras.


    Isto é para decorar e entrar na minha cabeça dura. Preciso ouvir mais e falar menos.

domingo, 25 de janeiro de 2009

Banheiro para pessoas especias


E bota especial nisso...Eu fui na Liberdade, na festa do Ano Novo chinês. Lá na R. Galvão Bueno tinha os tais banheiros  químicos, quando olhei me deparei com o banheiro para o pessoal da Matrix, como diz o Jairo, lembrei dele na hora, saquei a máquina e quando fui fotografar comecei a dar risada pelo absurdo. Olhe bem onde colocaram o tal banheiro, olhe o tamanho da guia, mas que povo mais sem noção esses organizadores, eles tem "deficiência" de neurônios. Como uma cadeira de roda vai chegar ali? E eu vi pelo menos dois cadeirantes na festa, ainda bem que eles não precisaram ir ao banheiro...

Um dia de domingo

Fui passear com a Pitchula de manhã, depois o namorante passou aqui para um beijo rápido. Ele tinha que resolver uns problemas.
Eu fui para a Liberdade ver a festa do ano novo chinês. Começou a chover e eu mudei meus planos, peguei o Metrô em direção ao shopping para ir no cinema, peguei  a sessão da tarde, assisti: "Se Eu Fosse Você 2". Me diverti muito, ri até chorar. A participação do Chico Anisio é pequena, porém ótima! Ele consegue com uma frase e um levantar de sobrancelha fazer a gente "rachar" de rir.
Toni Ramos e a Glória Pires arrasam. Tem momentos que se consegue ver o olhar do Toni Ramos nos olhos da Gloria e vice-versa(com hífen ou sem?). 

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Passeio com cães


Eu passeio todo dia com a Pitchula, umas três vezes por dia, pelo menos. Acho que posso dar algumas dicas:
  1. Cães são instáveis, não confie. Se você nem sabe como vai reagir, como pode saber a reação do cão?
  2. Ande SEMPRE com coleira e guia, você nunca sabe quando vai sair algum carro de uma garagem.
  3. Preste atenção no cão e em tudo que está a volta. Já passei por cada situação; uma vez um bêbado chutou a Pitchula sem mais nem menos, eu estava passando por um ponto de ônibus, descuidei dela ao desviar de algumas pessoas e ela levou um chute, pode? Outra vez parei para conversar e ela foi cheirar uma moça, a tal chegou a levantar o pé para chutá-la, ainda bem que eu consegui evitar a tempo, por que estava atenta.
  4. Preste atenção sempre, eu demorei para perceber que a Pitchula estava surda. Por que eu achava que ela estava só com manha quando não atendia meu chamado.
  5. Crianças são um perigo, elas chegam agarrando os cães  e cães se assustam e reagem.  A Pitchula não gosta de crianças, uma vez ela avançou em uma, ainda bem que a mãe entendeu, nem sempre elas entendem.
  6. Outros cachorros, mesmo bonzinhos, vão se defender de cachorrinhos pequenos e atrevidos, iguais a Pitchula.
  7. Preste atenção; cachorros tem a mania de cheirar e comer tudo que não devem. Já tirei osso de galinha da boca da Pitchula, na rua. 
  8. Cuidado com as lavações de prédios, eles usam o tal do "limpa pedra" ou seja, um ácido, já vi cãozinhos com as patinhas em carne viva. Até o próprio cloro, mais usado, fazem muito mal. Pitchula já teve reações alérgicas por causa do cloro.
  9. Pessoas tem mania de jogar cigarros acesos pelas janelas de carro, portas de bares, janelas de prédios, mais uma vez: preste atenção. As vezes cospem também. 
  10. Resumindo: PRESTE ATENÇÃO.
Esqueci o principal: RECOLHA AS FEZES do seu cão. O cão é seu, o "produto" dele é responsabilidade sua.

fonte da imagem

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Chefes

Texto visto no blog do Cirilo


Por Max Gehringer

Há uma dezena de fatores que influem em uma carreira profissional, mas a experiência prática mostra que o primeiro deles, em ordem de importância, é se dar bem com o chefe. Todas as promoções ou são iniciativas do chefe ou dependem da opinião do chefe.

Por isso, aqui vão os dez mandamentos do bom relacionamento com o chefe:

1º - Nunca falar mal do chefe. As orelhas do chefe são do tamanho de todas as paredes e de todos os corredores da empresa.

2º - Nunca ofuscar o chefe, seja na roupa, no comportamento ou na inteligência.

3º - Jamais colocar a culpa no chefe, principalmente quando a culpa é do chefe.

4º - Não assumir responsabilidades que são do chefe. Se não existe um subchefe oficial, isso não significa que a função será de quem pegar primeiro.

5º - Não tratar o chefe como amigo íntimo na frente de colegas ou de clientes.

6º - Não interromper o chefe quando ele está falando. Não é que chefes não gostam de ser interrompidos. É que eles detestam.

7º - Nunca dizer “Chefe, temos um problema.”. Isso é o que se chama de delegar para cima. O chefe não quer problemas; quer soluções.

8º - Jamais perguntar se um trabalho é urgente. Se o chefe, em pessoa, pediu, então é muito urgente.

9º - Nunca dizer que cometeu um erro porque não entendeu bem o que o chefe tinha pedido. Se o chefe fala em gótico, o subordinado precisa aprender gótico.

10º - Nunca tentar explicar para os colegas alguma coisa que o chefe disse. Chefes não apreciam o subordinado porta-voz. Se alguém tem dúvida, deve perguntar diretamente para o chefe.

Com certeza, muita gente nesse momento está pensando: “Meu chefe não merece tanta reverência, porque ele é um péssimo chefe.”. Pode até ser verdade, mas não tem nada a ver. Se o chefe não aprendeu a ser um bom chefe, isso não isenta o subordinado de aprender a ser um bom subordinado.

Procrastinação

Procrastinação é o famoso "empurrar com a barriga". Eu tenho consciência que sou uma procrastinadora, (parece até palavrão) por isso procuro resolver logo as coisas senão já sei que vai ficar para depois indefinidamente. Ou até eu lembrar e me envergonhar do adiamento. Existe um livro, tipo de auto-ajuda muito bom: "Não deixe para depois o que você pode fazer agora" (Rita Emmett), eu já li umas três vezes e de tempos em tempos leio de novo, por que não-procrastinar é um aprendizado que deve ser exercitado diariamente. Nem existe uma palavra que substitua 'não-procrastinar'. Mas vencer esse hábito é muito gratificante. A sensação de ter conseguido vencer a preguiça é tão boa quanto a de ter largado de fumar...Ver uma tarefa realizada é ótimo. Um bem estar... Mas para isso é preciso persistência, perseverança, organização. Eu faço listinhas. Lista de coisas a curto prazo, e outra de longo prazo. Cada vez que risco uma tarefa me sinto tão bem. 
Hoje é um daqueles dias procrastinadores...


terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Vizinhança

Meus dias tem sido barulhentos. A minha vizinha está recebendo a visita da filha, que mora na Bahia, com um menino de uns dois anos. Essa moça acha que está no meio do mato. Ela grita com esse menino como se ele tivesse a uns 200mts dela, no andares abaixo dá para ouvir. CALA A BOCA!, eu escuto várias vezes ao dia, é a frase que ela mais usa ao se dirigir ao menino. E ela não se contenta em berrar feito uma louca, ela bate também, e eu escuto daqui as mãos dela estalando no corpinho dele, e ele berra. Ele dispara a chorar, no mínimo uns trinta minutos. Teve dia dele ficar umas duas horas direto, dai ela estimulava o choro com mais tapas. Isto me irrita profundamente. o sangue ferve dentro das veias. Tenho vontade de ir lá e bater nela. Já conversei com a avó da criança, discretamente, para não ouvir um: "meta-se com sua vida". Falei para ela que a moça não tem muita paciência com o menino, e pior, ela concordou...
Eu não vejo a hora dessa moça   ir embora...

domingo, 18 de janeiro de 2009

Domingo Familiar




Passei um domingo familiar. Emprestada, mas familia. Quanto tempo eu não fazia isso. O homem que me sorri com os olhos me chamou para ir na casa da irmã dele, tentamos ir lá durante a semana, mas não deu certo. O cunhado dele não anda muito bem de saúde. Fomos cedo, passamos na feira, almoçamos, muito gostoso. Passamos o dia inteiro, passou muito rápido. 
Para quem pensava que seria só uma aventura, tá muito "familiar", hahaha



Boletim médico

Pitchula está muito bem, bom apetite, bebendo água dentro do normal, xixi até mais amarelinho, cocô firme, (eu sempre falo que mãe e dono de cachorro fica feliz com muito pouca coisa, um cocô firme é suficiente pra fazer a felicidade...) Mas os nódulos das mamas estão aumentando, em tamanho e número. Como eu tenho medo de dar metástase no pulmão...
Tenho conversado com Deus e pedindo a ele que leve ela para o quintal dele assim do jeito que está, com qualidade de vida, vou sofrer, mas não quero e nem ela merece, ficar sofrendo com o câncer se alastrando. Sabemos que ela não pode ser operada, coraçãozinho não aguenta, nem uma químio, ela poderá fazer. Não estou sofrendo por  antecipação, estou pedindo para Deus poupar nós duas de sofrimento!

sábado, 17 de janeiro de 2009

Velhice e Aids

Tenho acompanhado o aumento de Aids na Terceira idade.
Pior, tenho acompanhado por outro lado; vistos mais óbitos de senhorinhas e senhorzinhos de mais de 60 anos de idade.  
Lendo a respeito encontrei uma "causa": remédios para impotência. Isso mesmo, os idosos usam os viagras, cialis da vida e ativam a vida sexual, pulam a cerca e ainda levam a doença para as esposas.  Como os mais antigos são resistentes ao uso da camisinha se tornam alvo fácil. É assustador.

O mundo conforme Casciari

Sabe que sou obrigada a dar razão para um argentino!
 

*O  mundo conforme Casciari*

Li uma vez que a Argentina não  é nem melhor, nem pior que a Espanha,só que mais jovem. Gostei dessa  teoria e aí inventei um truque para descobrir a idade dos países  baseando-me no 'sistema cão'. 
Desde meninos nos explicam que para  saber se um cão é jovem ou velho, deveríamos multiplicar a sua idade  biológica por 7. No caso de países temos que dividir a sua idade histórica  por 14 para conhecer a sua correspondência humana. Confuso? Neste artigo  exponho alguns exemplares reveladores.

A Argentina nasceu em 1816,  assim sendo, já tem 190 anos. Se dividimos estes anos por  14,  a Argentina tem 'humanamente' cerca de 13 anos e  meio, ou seja, está na pré-adolescência. É rebelde, se masturba, não tem  memória, responde sem pensar e está cheia de acne.

Quase todos os  países da América Latina têm a mesma idade, e como acontece nesses casos,  eles formam gangues. A gangue do Mercosul é formada por quatro  adolescentes que tem um conjunto de rock. Ensaiam em uma garagem, fazem  muito barulho, e jamais gravaram um disco.

A Venezuela, que já tem  peitinhos, está querendo unir-se a eles para fazer o coro. Em realidade,  como a maioria das mocinhas da sua idade, quer é sexo, neste caso com  Brasil que tem 14 anos e um membro grande.

O México também é  adolescente, mas com ascendente indígena. Por isso, ri pouco e não fuma  nem um inofensivo baseado, como o resto dos seus amiguinhos. Mastiga coca,  e se junta com os Estados Unidos, um retardado mental de 17 anos, que se  dedica a atacar os meninos famintos de 6 anos em outros  continentes.

No outro extremo, está a China milenária. Se  dividirmos os seus 1.200 anos por 14 obtemos uma senhora de 85,  conservadora, com cheiro a xixi de gato, que passa o dia comendo arroz  porque não tem - ainda - dinheiro para comprar uma dentadura postiça. A  China tem um neto de 8 anos, Taiwan, que lhe faz a vida impossível. Está  divorciada faz tempo de Japão, um velho chato, que se juntou às Filipinas,  uma jovem pirada, que sempre está disposta a qualquer aberração em troca  de grana.


Depois, estão os países que são maiores de idade e  saem com o BMW do pai. Por exemplo, Austrália e Canadá. Típicos países que  cresceram ao amparo de papai Inglaterra e mamãe França, tiveram uma  educação restrita e antiquada e agora se fingem de loucos.

A  Austrália é uma babaca de pouco mais de 18 anos, que faz topless e sexo  com a África do Sul. O Canadá é um mocinho gay emancipado, que a qualquer  momento pode adotar o bebê da Groenlândia para formar uma dessas famílias  alternativas que estão de moda.

A França é uma separada de 36 anos,  mais puta que uma galinha, mas muito respeitada no âmbito profissional.  Tem um filho de apenas 6 anos: Mônaco, que vai acabar virando puto ou  bailarino ... ou ambas coisas. É a amante esporádica da Alemanha, um  caminhoneiro rico que está casado com a Áustria, que sabe que é chifruda,  mas que não se importa.

A Itália é viúva faz muito tempo. Vive  cuidando de São Marino e do Vaticano, dois filhos católicos gêmeos  idênticos. Esteve casada em segundas núpcias com Alemanha (por pouco tempo  e tiveram a Suíça),mas agora não quer saber mais de homens. A Itália  gostaria de ser uma mulher como a Bélgica: advogada, executiva  independente, que usa calças e fala de política de igual para igual com os  homens A Bélgica também fantasia de vez em quando que sabe preparar  espaguete).

A Espanha é a mulher mais linda de Europa  (possivelmente a França se iguale a ela, mas perde espontaneidade por usar  tanto perfume). É muito tetuda e quase sempre está bêbada. Geralmente se  deixa foder pela Inglaterra e depois a denuncia. A Espanha tem filhos por  todas as partes (quase todos de 13 anos), que moram longe. Gosta muito  deles, mas a perturbam quando têm fome, passam uma temporada na sua casa e  assaltam sua geladeira.

Outro que tem filhos espalhados no mundo é  a Inglaterra. Sai de barco de noite, transa com alguns babacas e nove  meses depois, aparece uma nova ilha em alguma parte do mundo. Mas não fica  de mal com ela. Em geral, as ilhas vivem com a mãe, mas a Inglaterra as  alimenta.

A Escócia e a Irlanda, os irmãos de Inglaterra que moram  no andar de cima, passam a vida inteira bêbados e nem sequer sabem jogar  futebol. São a vergonha da família.

A Suécia e a Noruega são duas  lésbicas de quase 40 anos, que estão bem de corpo, apesar da idade, mas  não ligam para ninguém. . Transam e trabalham, pois são formadas em alguma  coisa. Às vezes, fazem trio com a Holanda (quando necessitam maconha,  haxixe e heroína); outras vezes cutucam a Finlândia, que é um cara meio  andrógino de 30 anos, que vive só em um apartamento sem mobília e passa o  tempo falando pelo celular com Coréia.

A Coréia (a do sul) vive de  olho na sua irmã esquizóide. São gêmeas, mas a do Norte tomou líquido  amniótico quando saiu do útero e ficou estúpida. Passou a infância usando  pistolas e agora, que vive só, é capaz de qualquer coisa. Estados Unidos,  o retardadinho de 17 anos, a vigia muito, não por medo, mas porque quer  pegar as suas pistolas.

Irã e Iraque eram dois primos de 16 que  roubavam motos e vendiam as peças, até que um dia roubaram uma peça da  motoca dos Estados Unidos e acabou o negocio para eles. Agora estão  comendo lixo. O mundo estava bem assim até que, um dia, a Rússia se juntou  (sem casar) com a Perestroika e tiveram uma dúzia e meia de filhos. Todos  esquisitos, alguns mongolóides, outros esquizofrênicos.

Faz uma  semana, e por causa de um conflito com tiros e mortos, os habitantes  sérios do mundo, descobrimos que tem um país que se chama  Kabardino-Balkaria. É um país com bandeira, presidente, hino, flora,  fauna... e até gente! Eu fico com medo quando aparecem países de pouca  idade, assim de repente. Que saibamos deles por ter ouvido falar e ainda  temos que fingir que sabíamos, para não passar por ignorantes.

Mas  aí, eu pergunto: por que continuam nascendo países, se os que já existem  ainda não funcionam?

NOTA  SOBRE O AUTOR:
Hernán Casciari nasceu em Mercedes (Buenos  Aires), a 16 de março de 1971. Escritor e jornalista  argentino. É conhecido por seu trabalho ficcional na Internet, onde tem  trabalhado na união entre literatura e blog, destacado na blognovela. Sua  obra mais conhecida na rede, 'Weblog de una mujer gorda', foi editada em  papel, com o título:

 'Más  - respeto, que soy tu madre'.  

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Será que isto é Amor?

Será que esse sentimento que nos une é o tal do Amor?
Esse querer  tão bem o bem do outro é Amor?
Essa vontade de compartilhar qualquer coisa, seja uma historinha, uma noticia, uma novidade, uma dor, uma descoberta; seria isso Amor?
Essa vontade de ouvir a voz do outro e quando pega no telefone  o outro liga, é Amor?
Esse prazer maior de querer dar prazer ao outro, mais do que receber; é Amor?
Falar quinze vezes ao telefone no dia e não enjoar, é Amor?
Se ver todo dia e ainda achar pouco; é Amor?
Isto tudo em jovens adolescente seria paixão, mas no nosso caso, maduros, bem maduros, não pode ser paixão só. 
Querer compartilhar a vida, os amigos, os ideiais, os principios. É Amor?
Aceitar a opinião do outro, mesmo que ela seja diferente da nossa, é respeito, mas parar para pensar na opinião do outro, deve ser Amor.
Se isto não for Amor, o que é então?

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Menina prendada

Depois da pintura da cozinha, desatei a costurar. Fui na 25 de março. comprei tecidos e já estou com sete peças de roupa nova. E outras para terminar. Comprei tecidos bem coloridos, consegui não comprar nada em azul, sabem como eu sou com a cor azul...Agora preciso abrir espaço no meu armario, dar aquelas coisas que "um dia vou usar" e que eu não uso. Estou precisando comprar umas sandalinhas baixinhas, confortaveis, mas a droga é que eu só tenho visto por aí de "dedo" e assim eu não quero, de dedo, só havaianas...
Mas falando em prendas; falta a sala para pintar, já comprei a tinta, preciso terminar as costuras para mexer com a pintura. Não sou bombril, mas tenho mil e uma utilidades, hehehe.

*Ando com uma preguiiiiçaaaa de escrever...

Calor

Esses dias tem feito muito calor. Agora, desaba o mundo lá fora... Um aguaceiro só, vamos ver se refresca um pouco, pelo menos para dormir melhor.

sábado, 10 de janeiro de 2009

A cirurgia



"cirurgia refrativa, que remove tecido da córnea para corrigir um problema de refração, também conhecida como PRK." 
A  cirurgia foi  marcada para o dia 25 de setembro, eu tinha umas folgas juntas, o que facilitaria. No dia fui de ônibus para Sorocaba bem cedinho, minha cunhada me pegou e levou para o Hospital. Era melhor assim, pois eu não poderia voltar para São Paulo dirigindo com um olho só.
A Rosana ficou comigo no hospital. Fui pra uma sala, coloquei toquinha, propé e foi aplicado uns colirios. Entrei na sala de cirurgia, deitei, o médico aplicou mais colirios, anestésicos com certeza. ele colocou um afastador no olho, deixou bem arregalado, mas eu já não sentia nada. pediu para que eu olhasse numa luzinha e foi raspando meu olho, a sensação é bem essa, uma raspagem. Rec, rec, rec, posso até ouvir o barulhinho. Ele colocou uma lente por cima e um tampão de plástico, (que tirei assim que cheguei na rua, hehe) e pronto! Vim para São Paulo de ônibus. A claridade incomodava e muito. A sensação, quando foi passando a anestesia era de olho irritado, só. Tipo quando entra um cisco e vc esfrega. Mas não era tão ruim.
No dia seguinte fomos comer pizza com o pessoal  da Seara, não é que um infeliz cismou de acender um cigarro dentro da pizzaria? Meu Deus, como irritou meu olho. Parecia que tinha jogado acido. Ardia, queimava, lacrimejava. Muito ruim. Nos dias que se seguiram começou a desanuviar.  Até andava na rua sem óculos. Mas depois cheguei a me arrepender de ter feito. Como era num olho só e nele ainda não enxergava bem, com o outro não conseguia ver de longe e malemá de perto, por que o operado atrapalhava. Ficava irritada. Mas o médico disse que era assim mesmo, que demoraria uns três meses para ficar cem por cento. Já passou os três meses, posso dizer que está perfeito. Me acostumei a enxergar com a mistura dos dois. não uso mais óculos, nem acredito! O interessante é que as pessoas acham que estou mais bonita, falam que o cabelo loiro deixou meus olhos azuis mais em evidência, mas não percebem que os olhos aparecem mais por que eu tirei os óculos!





sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Operação Refrativa

Meses já se passaram e eu ainda não tive "coragem"(pura preguiça) para escrever sobre a cirurgia refrativa. 
Há muitos anos tenho vontade de operar os olhos, eliminar a miopia e o uso dos óculos. Para fazer pelo SUS, não tinha a graduação necessária. Convênio, não tenho. Então, só particular mesmo. O problema era grana, como ter a grana necessária? Juntei no ano de 2007, mas não tive coragem. 2008 resolvi, afinal, eu não tinha jogado $$$ fora com a história do apartamento? Por que não investir em mim? Era um sonho que eu podia realizar.
Procurei o Hospital Oftalmológico de Sorocaba, não ganhei nenhum desconto, tinha boas referências dele. Passei por uma consulta, o médico me explicou que precisaria fazer alguns exames para ver se eu podia operar. E me explicou que como eu já passei dos quarenta, já passei, infelizmente, não era aconselhável fazer nos dois olhos. Acontece que eu enxergava muito, muito bem mesmo de perto e se fizesse nas duas vistas deixaria de enxergar tão bem, teria que usar óculos de perto. Então propôs que eu fizesse em um olho só. Passaria a enxergar bem d longe com um olho e de perto com o outro, se eu não acostumasse, faria no outro tbm. Como a nossa visão é o conjunto do que os dois vêem, daria certo. Achei meio esquisito, mas aceitei a sugestão. Marquei os exames. Fiz na outra semana. Tudo certo, poderia operar!!

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Um Curso de Gestão Estratégica

Desconheço o autor


Assunto: Um Curso de Gestão Estratégica - 9 aulas 
AULA 1

Uma linda jovem foi passear com o seu namorado, quando ouviram uns empregados de uma obra gritar: - Ô babaca, não vá passear, leva para um lugar escuro e come!!! O rapaz, muito envergonhado, segue o seu caminho com a namorada e passam por um parque onde estão vários aposentados sentados, que ao vê-los começam a sugerir ao rapaz: - De mãozinha dada com a gatinha? Você devia é levá-la para um motel, ô veadinho!!!! O rapaz, cada vez mais envergonhado, decidiu levar a namorada para casa. - Então até amanhã, meu amor! A garota responde-lhe: - Até amanhã? Até nunca mais, surdo de merda! 

Conclusão: Escute e ponha em prática os conselhos dos consultores externos, pois são pessoas com experiência. Se não o fizer, sua imagem de gestão empresarial ficará seriamente comprometida.

---------------------------------------------------------------------------

AULA 2

Um réu, condenado à prisão perpétua por assassinato em primeiro grau, consegue fugir ao fim de 25 anos na prisão. Na fuga, entra numa casa, onde dorme um jovem casal. O assassino amarra o homem a uma cadeira e a mulher na cama. A seguir, encosta o seu rosto no rosto da mulher, levanta-se e sai do quarto. Imediatamente, arrastando a cadeira, o marido aproxima-se da esposa e lhe diz: - Meu amor, este homem não vê uma mulher há anos. Eu o vi te beijando e já que ele se afastou um pouco, quero te pedir que cooperes com ele e faças tudo o que ele te pedir. Se ele quiser fazer sexo selvagem contigo, faça e finja que gosta. Por favor. As nossas vidas dependem disso!!! Seja forte, minha linda, eu te amo. A jovem esposa diz ao marido: - Querido, estou agradecida que pense assim! Este homem não vê uma mulher há anos, no entanto ele não me beijou. Ele me disse no ouvido que gostou muito de você e perguntou se guardamos a vaselina no banheiro. Seja forte, meu lindo, eu também te amo muito.

Conclusão: Não estar verdadeiramente informado pode trazer sérios inconvenientes. Informaão atualizada e precisa é fundamental para ter sucesso num eventual ataque de concorrência desleal e assim evitar surpresas desagradáveis.

---------------------------------------------------------------------------

AULA 3

Um rapaz vai a uma farmácia e diz ao farmacêutico: - Senhor, tem preservativo? A minha namorada convidou para eu ir jantar esta noite na casa dela. O farmacêutico dá-lhe o preservativo e o jovem sai da farmácia. De imediato, volta, dizendo: - Senhor, é melhor dar outro, porque a irmã da minha namorada é uma gostosona e vive cruzando as pernas na minha frente. Às vezes, até vejo suas entranhas. Acho que também quer algo, e como vou jantar hoje lá na casa delas... O farmacêutico dá o preservativo e o jovem sai da farmácia. Mais uma vez, volta, dizendo: - Senhor, é melhor dar outro, porque a mãe da minha namorada também é boa pra cacete. A velha, quando a filha não está por perto, vive se insinuando de um jeito que me deixa excitado, e como eu hoje vou jantar lá na casa delas... À noite, na hora do jantar, o rapaz está sentado à mesa com a sua namorada. Ao lado, a mãe e a irmã à frente. Nesse instante, entra o pai da namorada e senta-se também à mesa. O rapaz baixa imediatamente a cabeça, une as mãos e começa a rezar: - Senhor, abençoa estes alimentos, bzzzz, bzzzz, bzzzz,.. Damos graças por estes alimentos .... Passa um minuto e o rapaz continua de cabeça baixa, rezando: - Obrigado, Senhor, por estes dons, bzzz, bzzz, bzzz...... Passam cinco minutos e prossegue : - Abençoa, Senhor, este pão, bzzz, bzzz, bzzz.... Passam mais de dez minutos e o rapaz, de cabeça baixa, rezando. Todos se entreolham surpreendidos e a namorada diz ao ouvido: - Meu amor, não sabia que eras tão religioso... - E eu não sabia que o teu pai era farmacêutico! 

Conclusão: Não comente os planos estratégicos da empresa com desconhecidos, porque essa inconfidência pode destruir a sua própria organizaão.

---------------------------------------------------------------------------

AULA 4

Um homem está entrando no chuveiro enquanto sua mulher acaba de sair e está se enxugando. A campainha da porta toca. Depois de alguns segundos de discussão para ver quem iria atender a porta, a mulher desiste, se enrola na toalha e desce as escadas. Quando ela abre a porta, vê o vizinho Nestor em pé na soleira. Antes que ela possa dizer qualquer coisa, Nestor diz: - Eu lhe dou 3.000 reais se você deixar cair esta toalha!!! Depois de pensar por alguns segundos, a mulher deixa a toalha cair e fica nua. Nestor então entrega a ela os 3.000 reais prometidos e vai embora. Confusa, mas excitada com sua sorte, a mulher se enrola de novo na toalha e volta para o quarto. Quando ela entra no quarto, o marido grita do chuveiro: - Quem era ??? - Era o Nestor, o vizinho da casa ao lado, diz ela. - Ótimo !!! Ele lhe deu os 3.000 reais que estava me devendo??

Conclusão: Se você compartilha informaões a tempo, pode evitar exposiões desnecessárias.

---------------------------------------------------------------------------

AULA 5

Um padre está dirigindo por uma estrada, quando vê uma freira em pé no acostamento.Para e oferece uma carona, que a freira aceita. Ela entra no carro, cruza as pernas revelando suas lindas formas. O padre se descontrola e quase bate com o carro. Depois de conseguir controlar o carro, não resiste e coloca a mão na perna da freira. A freira olha para ele e diz: - Padre, lembre-se do Salmo 129!!! O padre sem graça se desculpa: - Desculpe Irmã, a carne é fraca... E tira a mão da perna da freira. Mais uma vez a freira diz: - Padre, lembre-se do Salmo 129!!! Chegando ao seu destino, a freira agradece e, com um sorriso enigmático, desce do carro e entra no convento. Assim que chega à igreja o padre corre para as Escrituras para ler o Salmo 129, que diz: "Vá em frente, persista, mais acima encontrarás a glória do paraíso".

Conclusão: Se você não estiver bem informado sobre o seu trabalho, poderá perder excelentes oportunidades.

---------------------------------------------------------------------------

AULA 6

Dois funcionários e o gerente de uma empresa saem para almoçar. Na rua encontram uma antiga lâmpada a óleo. Eles esfregam a lâmpada e de dentro dela sai um gênio. O gênio diz: - Eu só posso conceder três desejos, então, concederei um a cada um de vocês. - "Eu primeiro, eu primeiro - grita um dos funcionários - Eu quero estar nas Bahamas dirigindo um barco, sem ter nenhuma preocupaão na vida". Pufff, e ele foi  ... O outro funcionário se apressa a fazer o seu pedido: - "Eu quero estar no Havaí, com o amor da minha vida e um suprimento interminável de pinas coladas !!! Puff, e ele se foi ... - Agora você - diz o gênio para o gerente ... - "Eu quero aqueles dois de volta ao escritório logo depois do almoço para uma reunião!"

Conclusão: Deixe sempre o seu chefe falar primeiro.

---------------------------------------------------------------------------

AULA 7

Na África, todas as manhãs, o veadinho acorda sabendo que deverá conseguir correr mais do que o leão se quiser se manter vivo. Todas as manhãs, o leão acorda sabendo que deverá correr mais do que o veadinho se não quiser morrer de fome. 

Conclusão: Não faz diferença se você é veadinho ou leão, quando o sol nascer você tem que começar a correr.

---------------------------------------------------------------------------

AULA 8

Um corvo está sentado numa árvore o dia inteiro sem fazer nada. Um pequeno coelho vê o corvo e pergunta: - "Eu posso sentar como você e não fazer nada o dia inteiro?" O corvo responde: - "Claro, porque não?" O coelho senta no chão embaixo da árvore e relaxa. De repente uma raposa aparece e come o coelho.

Conclusão: Para ficar sentado sem fazer nada, você deve estar no topo.

---------------------------------------------------------------------------

AULA 9

Um fazendeiro resolve colher algumas frutas em sua propriedade, pega um balde vazio e segue rumo as árvores frutíferas. No caminho, ao passar por uma lagoa, ouve vozes femininas. Se aproxima lentamente e vê várias belas garotas nuas se banhando na lagoa. Quando elas percebem a sua presença, nadam até a parte mais profunda da lagoa e gritam: - Nós não vamos sair daqui enquanto você não deixar de nos espiar e for embora. O fazendeiro responde: - Eu não vim aqui para espiar vocês, eu só vim alimentar os jacarés!

Conclusão: A criatividade é o que faz a diferença na hora de atingirmos nossos objetivos.

 

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

2008 Retrospectiva

  • Janeiro: A Pitchula teve Piometra, cirurgia de emergência, risco, coração na mão. Sucesso na operação.
  • Fevereiro: Encontrei o apartamento para comprar. Inicio da corrida ao financiamento no Santander, reduziram o financiamento- aumentaram juros; desisti.
  • Março: Procuro a Caixa Econômica Federal, começa a luta pelo financiamento, querem até a Certidão de Óbito do Miguel atualizada, ainda argumento que é difícil ele ressuscitar, masss. Eles arrumam tantos pelos em ovos, eu vou contornando.
  • Abril: Conheci o "Homem que me sorri com os olhos". 
  • Maio: Começo a "ficar" com o "Homem que me sorri com os olhos". Para mim seria só uma "ficada" uma aventura. (Doce engano).
  • Junho: Opero a vesícula. Desisto do apartamento. Perco a entrada que eu dei, snif, snif...
  • Julho: Pitchula estabiliza, paro de aplicar o soro subcutâneo. Estiquei os cachos! 
  • Agosto: Problemas no trabalho, escalas, escalas, sempre isso, ou melhor; sacanagens!
  • Setembro: Larguei os óculos, fiz a cirurgia refrativa,  depois de tantos anos, não preciso deles.
  • Outubro: Morre meu pai.
  • Novembro: A vida parece que começa a entrar nos eixos.
  • Dezembro: Consigo mudar o plantão, começo no Grupo Augusto Cézar Netto. Começo outro trabalho na Seara.
2009 ano de realizações.

domingo, 4 de janeiro de 2009

Ano novo, vida nova

Amanhã começa o meu ano-novo. Vida nova, pelo menos no trabalho. Vou trabalhar de segunda a sexta. Por uma lado é estressante  ir no hospital todo dia. Não pense que hospital é igual a qualquer empresa, nananinanão... Ainda mais no hospital que trabalho. A maioria dos hospitais, as pessoas vão para fazer um tratamento, uma operação ou até ter um bebê. Mas onde trabalho as pessoas sabem que só vão se livrar do hospital pelo necrotério. Não tem jeito. As doenças tratadas ali precisam de controle pelo resto da vida, ora internam, ora vão assiduamente para serem medicados ou renovar os exames, sem falar em pegar os remédios. As vezes ficamos na dúvida se somos funcionários ou um tipo de paciente também. É complicado. Acho que as pessoas vão ficando cada vez mais "xaropes" ali. Não é a toa que a Saúde é uma das campeãs em suicídio, sem falar em "PQs" ou código 13 (loucos).
Bom, mas não era nada disso que eu ia escrever; eu queria falar da minha nova vida, agora vou ter horário certo. não aquela de não saber que dia está escalada. Não vou passar mais aquele stress de fim de mês com a escala. O pessoal estava me "sacaneando". Todos homens, eu de mulher, sabe aquela história de corporativismo? Existe! Os homens se protegem. É nojento!
Vou poder me comprometer com algum curso, com uma atividade fisica, terei horario certo. Bom, não acham? E ainda vou poder almoçar com o "namorante" todos os dias! Não só três por semana.

quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Blogterapia

Blog é uma terapia. Você escreve, escreve, coloca um monte de pensamentos que embolam na sua cabeça, tenta coordená-los em frases e parágrafos que tenham uma coesão (o que nem sempre acontece). E funciona! Isso, funciona para aliviar suas neuras, coordenar seus pensamentos e passar a vê-los de uma maneira diferente. E depois de um tempo você lê o que escreveu e até se envergonha dos achaques. E ainda tem mais, aquelas pessoas que você considera, fazem comentário pertinente que faz com que você pense mais ainda e de uma forma mais racional, menos emocional possível. E da certo! Você "desencana"! Fala a verdade: isso não é fantástico?

Trânsito

Que delicia o trânsito de São Paulo hoje. Fui trabalhar as seis e pouco, não tinha ninguém na rua. Apesar da Av Paulista ainda não ter sido liberada para passar, cheguei rapidinho no hospital.
Cheguei agora a pouco, a "minha rendição" foi ótima; chegou mais cedo.
Começamos bem o ano novo; trabalhando...