terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Coleiras e coleiras



A Pitchula tem uma coleira tipo peitoral, é a que eu uso direto nela. Mas estava muito encardida e lavei, na hora do passeio usei a antiga, coleira mesmo, no pescoço. Passeamos, na hora de atravessar a rua, como vinha um carro, dei uma puxadinha na coleira e senti ela leve, leve, ou seja, sem a "cã". Nem sei o que eu senti na hora, deu um frio na barriga e a Pitchula continuou andando, não seu a mínima bola, gritar? Não adianta, ela não escuta mesmo, como não escuta barulho de carro e nem vê direito também, mas o anjo de guarda canino estava a postos e eu consegui pegá-la rapidinho. Acredita que ela nem se deu conta do fato?

domingo, 13 de dezembro de 2009

Chuveiro

 Hoje de manhã cismei de limpar o chuveiro, estava saindo pouca água e para todo lado. Quando coloquei a mão no chuveiro, ele despencou. Quebrou o cano bem na parede, a rosca de alumínio foi "comida" pela rosca de ferro da saída de agua. Nessas horas como faz falta um marido, pensei, mas também pensei que o marido podia bem deixar para a segunda feira também...Domingo de manhã? Onde se vai achar um cano para o chuveiro? Aqui perto de casa não tinha nada aberto. Ahaaaa...  Mas eu tenho um homem! Liguei para Ele, e ele achou uma loja, comprou a peça e veio, não é uma graça? Deu um jeito e veio! Quer manifestação de carinho mais  apropriada? (Igual ao dia do teclado.) E colocou o chuveiro para mim. Fazia tempo  que eu não tinha  alguém se preocupasse de verdade comigo e isso faz um bem danado!


domingo, 6 de dezembro de 2009

Orquideas



Ontem eu fui na exposição de Orquídeas na Liberdade. Tirei fotos muito boas, eu estou melhorando...como fotógrafa!
Andando entre os expositores/vendedores, percebi um certo agito, perguntei, é lógico, a curiosidade em pessoa ia ficar quieta? O pessoal estava alvoroçado por que tinha uma mulher, a "mulher do sacão cinza" que estava roubando mudas de orquídeas, e os organizadores queriam pegá-la sem causar muita confusão. Pegaram e convidaram a sair do recinto. Depois disso, ao ver a exposição das premiadas, conversando com um associado da AOSP (Associação Orquidófila de São Paulo), ele me disse que a "mulher do sacão cinza" tentou roubar orquidea premiada também. Fiquei imaginando o cultivador da planta se ela tivesse conseguido, já pensou? A pessoa cultiva durante anos uma planta, que pela perfeição deve valer mais que uns cinco mil reais, daí vem uma "nóia" da vida, rouba a planta e vende na esquina da Galvão Bueno por 15,00 para comprar um "pino" de cocaina, ou uma pedra. É dose!

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Livre

 Me livrar das maldades, das angustias, dos stress desnecessários. Quero me livrar das incertezas, das dúvidas!
Ahhhh vou me livrar das inseguranças, de tudo aquilo que me faz mais mal do que bem.
Vou me livrar daquelas pessoas-vampiras que só sugam minhas energias. Vou me livrar daquelas situações que me causam "saia-justa". Vou me livrar de mentiras e meias verdades! Eu vou (tentar) ser livre
Pelo menos eu vou tentar, com certeza, se vou conseguir, não sei ainda, mas vou tentar!

domingo, 22 de novembro de 2009

Esquadrilha da Fumaça


Em outubro, dia 25,  nós fomos ver a Esquadrilha da fumaça.
Sempre me falaram que era muito emocionante, mas eu não imaginava que era tantooo!!! Foi um domingo de calor, abafado, mas o céu não estava ajudando muito, tinha nuvens atrapalhando, prenunciando uma chuva, que ainda bem, não veio. No Campo de Marte, aberto ao público, muitas crianças com os olhos brilhando voltados para o céu, me senti uma delas! Tinha aviões expostos, um show aéreo promovido pela Força Aérea Brasileira. Teve a apresentação da Marta, aquela mulher que faz acrobacias em cima do avião lá em cima, loucura, jamais eu faria isso, pode ser que até pulasse de para quedas, isso eu tenho vontade!

Bem que eu quis tirar fotos, mas ou eu assistia ou tirava fotos, preferi assistir! Tirei algumas que estão no Orkut e no Picasa, mas da Esquadrilha mesmo eu não tirei. Tirei de alguns pilotos depois, que foram super simpáticos e deram autógrafos, pena que não consegui do Major David, o 'piloto solitário' que faz loucuras com o avião, maravilhoso! Quero assistir quantas vezes tiver oportunidade, é maravilhoso!

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Perder - Ganhar

A gente só perde aquilo que não é, verdadeiramente, nosso! 
Mas... O que é verdadeiramente nosso nessa vida? Nem a vida!

Pizza

PizzaEstá aberta a temporada de pizzas de fim de ano da Seara, é bom manerar durante o dia para não começar o ano mais pesada!
A máquina fotografica está na mão, as baterias carregadas, e vamos que vamos!

Imagem daqui

Exposição



Essa semana termina nosso curso de Capacitação para Exposição do Evangelho. Salete disse que estou aprovadissíma, vindo da Salete é um elogio, ela é muito "econômica". Eu esperava pela aprovação, afinal eu me apliquei e muito. Me assusta a tarefa? Claro; não é nada fácil falar do Evangelho para pessoas com problemas, desanimadas, mas eu tenho muito amor pelo que faço e procurarei fazer bem, com certeza.

domingo, 15 de novembro de 2009

Obrigação versus Diversão

 analisando o que aprendemos, quando éramos jovens, sobre obrigações e diversões. Aprendemos que temos que fazer primeiro a obrigação para depois nos divertimos, mas levamos isso ao pé da letra demais. Se estamos  cansados vamos trabalhar do mesmo jeito. Mas se temos um compromisso que vai nos divertir e estamos cansados, não vamos. Por que? Para trabalhar não iríamos? Por que nos privamos da diversão, do prazer? E sabemos que o divertimento vai até aliviar nosso cansaço, mas mesmo assim nos rendemos, nos acomodamos, esquisito, neh? 

domingo, 8 de novembro de 2009

Paz

Não existe caminho para a Paz; a Paz É o caminho!


Gandhi

Almir Sater

Valentim Manieri Eu fui ontem no show do Almir Sater no Credicar Hall.
Foi a primeira vez que fui no Credicar Hall, me decepcionei com o local, pensava que era bem mais bonito. Achei meio chinfrin, até. Mas vamos e convenhamos, o som é muito bom! Isso justifica.
Bom, eu sou fã de Almir Sater de longa data. Se ele me quisesse, eu largava tudim e ia embora com ele lá para o Pantanal! Levava a Pitchula, claro!
Não foi bem um show, foi um encontro de um músico com seus fãs! Logo no começo, ele disse que o show dele não tinha "personalidade" e que iria cantar o que pedíssemos, uma graça. E o povo pedia, e ele cantava, intercalou com algumas instrumentais. Riu da animação do povo. Teve alguns momentos emocionantes; quando ele acabou de cantar Tocando em Frente e o público, principalmente o feminino, continuou cantando baixinho a estrofe:
Conhecer as manhas e as manhãs,

O sabor das massas e das maçãs,
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir 

enquanto ele afinava a viola. Ele parou e ficou ouvindo a platéia cantar. Depois falou que era muito bom saber que as pessoas gostavam do que ele fazia.
Outro momento foi com a música Chalana, já no final do show, continuamos cantando depois que ele terminou, pediu para que os músicos parassem de tocar e ele ficou ouvindo e incentivando, depois disse que iria embora com aquele som nos ouvidos, embalando a noite dele, visivelmente emocionado.
Agradeceu a platéia, tirou o chapéu, falou que foi um show muito bom de se fazer, graças a participação nossa. Eu voltei para casa nas nuvens, com a alma leve, leve.

imagem daqui Valentim Manieri


quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Cães e amizade.

Felizes os cães, que pelo faro descobrem os amigos.

(frase atribuída a Machado de Assis)

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Lhamas Chicletes

 que será que os lhamas mascadores/ruminantes de chicletes tem que jogar o produto das suas mascações nas calçadas?? Com esse sol a pino, a gente pisa naquela nojeira e sai  com aquele grude no calçado. A calçada nova da Av. Paulista está cheia de manchas, se olharem com atenção verão que são chicletes...Que nojo!


Imagem daqui

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Férias

 Preciso de férias; férias para mim, férias para colocar minha casa mental em ordem. Meu problema não é físico, não não é...Nem estou tão cansada assim...Mas férias para colocar minhas idéias em ordem. Começo analisando todo o conteúdo mental, emocional e psicológico. Vou separando por partes, dividindo os que não tem nada a ver dos outros, deixando-os separados. os outros que estão interligados vou colocando em "caixa", etiquetadas com o nome conteúdo de maior relevância; tipo fraquezas, ciúmes, ira, depois disso pego cada caixa e remexo-a, reviro-a, analiso cada situação e vou descartando o que não serve, eliminando os negativos e tentando aproveitar os que sobram.  Livrar-me das coisas inúteis.  Sabe como aquelas roupas velhas que já cansamos de usar e nem para dar para outras pessoas não servem, antes de jogar fora olhamos, vemos se não podemos aproveitar os botões, uma fivela bonita. Pegamos o que dá para aproveitar e descartamos o quem não será mais utilizado.
Pego um assunto, um fato e começo a analisá-lo sobre todos aspectos: vejo o que pode me ser útil um dia, o que não pode, o que me serve como aprendizado, o que é dispensável. E descarto, deleto aquelas coisas que não servem de nada. talvez por isso que minha memória não é lá grande coisa, esvazio as gavetinhas do cérebro mesmo!
E vamos assim abrindo espaço para as novas coisas. Colocar idéias novas para serem amadurecidas. Sementes para serem germinadas. E vamos a luta!

Medicamentos que NUNCA devem ser dados aos gatos





Medicamentos que Não Devem Ser Dados aos Gatos




* Acetominofen (Tylenol):
Apenas 1 comprimido já pode ser fatal para um gato adulto. Causa anemia hemolítica, formação de metahemoglobina (não transporta oxigenio), cianose, icterícia, edema de face, Taquipnéia, necrose hepática.



* Benzocaina (Andolba)
Anestésico local em forma de spray ou pomada. Estimula o SNC, causa tremores, convulsões e por ultimo parada respiratória.


* Hidrocarbonetos clorados (como lindane, clordane)
Presente em alguns produtos de combate à pulgas e outros parasitas. A reação pode ser imediata ou levar dias para ocorrer. Começa com uma resposta exagerada aos estimulo, tremores, progressão para tremores cada vez mais fortes até um estado convulsivo, febre.



* Hexaclorofeno (agente germicida, encontrado em xampus, desinfetantes e sabonetes, como o Phisiohex)
É rapidamente absorvido através da pele e trato intestinal. Causa em gatos fadiga, fraqueza, incoordenação dos membros posteriores, febre, ausência de urina, paralisia flácida completa.




* Carbaril (Carbamato = usado em remédios contra pulgas como Talco Bulldog)
NUNCA, principalmente como coleira, que expõe o gato constantemente. Causa lesão no SNC (sistema nervoso central) e morte por parada respiratória.





Outros produtos, anti-pulgas, carrapatos e sarna, proibidos para gatos:
Sabão Bulldog; Sabão Bulldog Plus; Sabão Bulldog Sarnicida; Sabonete Antipulgas para cães Tratto; Sabonte Parasiticida Asuntol; Sabonete Banzé; Sparay Bulldog Antipulgas e Carrapatos; Spray Tratto; Talco Antipulgas Bolfo; Talco Banzé; Talco Bulldog Contra Pulgas; Talco Tratto.




* Azul de Metileno:
Usado em medicamentos para tratar infecções urinárias (deixa o xixi azul).


* Aspirina (AAS, Melhoral):
Primeiro estimula e depois causa depressão respiratória, ulceração gástrica, diminuição da agregação plaquetária, hipoplasia da medula óssea.

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Perseverança

Perseverança - Persistência - Constância


Força moral de quem não se deixa abater, força de ânimo.
É a firmeza ou constância em um sentimento, em um trabalho, apesar das dificuldades e incômodos. É a virtude que contribui para o êxito.

Os obstáculos à perseverança são:

Rotina: Ficar parado acomodado a uma situação.
Desânimo: Desanimar, entregar os pontos, deixar-se levar pela correnteza, por preguiça, instabilidade de humor.
Medo de mudança: O novo assusta. Por medo de ousar, de trilhar caminhos novos, não perseveramos, não insistimos em uma meta.

Construção da perseverança:

Assim como a paciência, a perseverança não vem de imediato. é preciso que a cultivemos. Isso equivale a se renovar em um trabalho contínuo.
Para que haja perseverança, deve haver também, a concentração, ou seja, focalizar nossa atenção sobre um único ponto e partir ao seu encalço. Olhando muitas coisas ao mesmo tempo, prestamos menos atenção a cada uma em particular. Quer dizer; se mantivermos a nossa atenção voltada para nossos objetivos não faremos conta do fracasso ou do êxito, seguiremos em frente.

Tenacidade e obstinação:


A diferença entre tenacidade e obstinação é que esta última não sabe se adaptar a realidade. Aos obstinados falta a flexibilidade, elemento de suma importância para a realização.
Melhor exemplo, para mim, é o touro e a vaca; sabem por que não se utilizam vacas em touradas? Por que a vaca olha para o alvo;  o touro abaixa a cabeça e vai, não olha, por isso que é mais fácil driblar um  touro!
Os tenazes, quando encontram um muro no caminho, param, olham, avaliam as possibilidades e contornam o muro e dão continuidade a sua trajetória. Os obstinados batem com a cabeça no muro, pois não tiveram a flexibilidade de mudar o caminho, contornar o problema, a dificuldade.


domingo, 4 de outubro de 2009

Revista Recreio



Da série: Saudosismos.

Na minha infância, eu curti muito a revista Recreio. Não lembro de quanto em quanto tempo saia, mas sei que custava a chegar. Sabe como é o tempo para criança, demoraaaaaaa. Hoje em dia Natal é num piscar de olhos, quando a gente é criança parece uma eternidade...
Bem. a revista vinha com historinha? Não lembro. Lembro que vinha com figuras para recortar e montar. Recortar mesmo, com tesoura, não é só esse negócio de hoje em dia de destacar e montar, nãaoooo, nós cortávamos e colávamos, cola tenaz. O cheiro da cola é o cheiro de infância, de coisa boa. Lembro-me que as vezes vinha um determinado cenário em duas ou mais edições, como era torturante esperar, mas ao mesmo tempo gostoso. Teve uma vez que montamos uma casa, uma casa enorme, com três andares, com todos os móveis, com garagem, carro. Um luxo! Outra vez lembro de um zoológico. Pode reparar que as mulheres da minha geração tem muito mais habilidade manual que as das outras gerações que vieram depois; nossas brincadeiras desenvolviam muito a coordenação motora.
Enquanto esperávamos a nova edição, nos contentávamos em recortar jornais e revistas, aqueles encartes de promoções era um tesouro. Montávamos casas lindas, ta bom que eram de papel, mas era nossa "casinha".
Saudades...

sábado, 26 de setembro de 2009

Arnaldo - Da série "pessoas que passaram na minha vida"...


 
Arnaldo era o carteiro na avenida que eu morava, a Brigadeiro Luis Antonio. Convivi com ele na minha adolescência, na época que a gente escrevia cartas, e como escrevíamos! Era uma época que existia seção de correspondência nas melhores revistas e o que hoje fazemos na Internet fazíamos através dos Correios. Era muito bom quando chegava as respostas àquelas cartas que tínhamos escrito. E como o Arnaldo era esperado!


Ele era bonito, meio gordinho, e muito simpático! Era uma época que se carregava uma sacola enorme, hoje tem peso certo. Ele "fazia" a Brigadeiro da Av Paulista até o fim da Brigadeiro, isso se traduz em uns 3 (três) km, e eram duas vezes por dia! Foi o primeiro homem que conheci que fez vasectomia e que depois de 8 (oito) anos a mulher apareceu grávida,  ele conversava muito comigo, éramos amigos, lembro dele dizendo a situação que ficou, se fizesse o exame para ver se tinha revertido a cirurgia a esposa poderia achar que ele não confiava nela, porém se não fizesse, ficaria sempre a dúvida. Uma situação muito difícil. E ele confiava na esposa! Qualquer que fosse a decisão, essa gravidez já tinha mexido com o casamento dele, uma pena!
Arnaldo morreu de enfarte aos 45 anos, essa foi a informação que recebemos pelo substituto dele! Tão novo!


Ahhhhhhh   A vasectomia dele reverteu mesmo!

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Clique e pronto


TUDO O QUE VOCÊ PRECISA ESTÁ AQUI. BASTA CLICAR E AGUARDAR CARREGAR OS LOGOTIPOS.
SUGESTÃO: COLOQUE NOS FAVORITOS.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Cãominhada

ai meu Deus, que coisas mais gostosas!

Programa diferente para quem gosta de bichos é a Cãominhada que acontece todos os domingos no Centro de Controle de Zoonoses de S.P. Voluntários levam para um breve passeio os quase 300 cães que estão à espera de adoção na "carrocinha" da cidade. Chame um grupo de amigos que também gosta de bichos e leve um pouco de carinho e atenção para os animais sem dono! 
Para saber como participar: www.amigosdoccz.com.br


domingo, 13 de setembro de 2009

Coisas que eu não entendo no trânsito...

 Por que os motoristas correm, correm, para parar no farol???

Por que quando a gente vai atravessar a rua, o único carro que vem, acelera; ele quer pegar a gente como em um video game???
Por que quando a gente dá seta para mudar de faixa, o infeliz que vem atrás, acelera?
Como o educado motorista que está atrás de nós,  em um farol, consegue businar na mesma hora que o farol abre?
A bicicleta é um veiculo de locomoção, ou um pedestre com rodas? Afinal, a bicicleta é para andar nas ruas ou nas calçadas?
Por que velhinhos tem que atravessar fora das faixas?
Por que senhoras idosas atravessam a rua na frente de ônibus, fora da visibilidade dos outros motoristas?
Por que mães arrastam os filhos na rua, fora das faixas?
Por que as pessoas arriscam no meio das vias expressas, desprezando as passarelas???

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Acho que estou entrando no meu "inferno astral" antes do tempo...Ou essa fase vai durar mais de trinta dias, hahahaha, "To pega!".
*Para começar mais uma decepçãozinha, por que as pessoas tem que mentir????? Eu odeio mentiras!
*O Cardiologista da Pitchula sai agora do HOVET USP, venceu o contrato e eles não contrataram mais ninguém...
*Briguei com minha irmã, ou melhor, ela brigou comigo por que eu disse não para ela e disse o porque desse não...
*Agora a máquina de lavar, o cara da assistência técnica veio aqui e disse que fica em $300,00, só isso... Aquela mesma máquina que 15 dias depois de terminada a garantia quebrou o motor!


terça-feira, 18 de agosto de 2009

Primeira Transa da Pitchula


Sempre tive vontade de ter filhotinhos da Pitchula, queria que ela se "perpetuasse", pelo menos geneticamente. Me explicaram que a partir do terceiro cio seria uma boa. Como ela nasceu em 95, em 97 seria o ano ideal. Tudo bem, saí a caça de um macho a altura dela com bastante antecedência. Claro que nenhum estava bom para a minha princesinha, todos tinham algum defeito "gravíssimo" para ser o pai dos filhos dela!
Um dia, na praça da cidade, encontrei uma mulher com um poodlezinho preto lindo. Achei! Combinei com ela, peguei o endereço e vamos esperar o cio.
O cio começa com uma aguazinha ensanguentada, depois aumenta o sangue e diminui a água. Ela fica muito sem graça, se limpa toda hora, parece que sente vergonha do estado interessante, mas depois... Fica assanhada, bem ao sabor da expressão: "cadela no cio"! Se oferece para qualquer vira lata, terrível!
O cio da cadela dura 20 dias mais ou menos; o período fértil vai do 9º dia até o 14º, mas o dia ideal para a fertilização é no 11º dia, no qual ela fica doidinha.
Chegou o dia! Eu peço para o Miguel me levar na cidade, morávamos no rancho, aí veio a parte mais difícil; o meu marido se revoltou, ele começou com o discurso mais insólito da nossa vida em comum: Como você pode fazer isso com a Pitchula? E se acontecer alguma coisa com ela durante a gestação? Não temos veterinário perto, o que vamos fazer? E se o parto tiver complicações? Eu não vou perdoar você nunca!
Eu não vou compactuar com isso, você está cafetinando a cachorra, você não se envergonha?
Eu não sabia se ria, se ficava brava ou se levava a sério! Já pensou se acontecesse algo? Nossa, ele ia falar o resto da vida na minha orelha e eu mesma não ia me perdoar.
Mas fui assim mesmo. Chego na cidade, dia de vacinação anti rábica, com isso eu não contava. O Miguel me larga na cidade e vai embora, ele disse que não ia compactuar e não compactuou...
Procuro o tal cachorrinho, a dona não está em casa, procuro ela pela cidade, que é pequena, todo mundo se conhece. Dia de vacinação, imagina eu andando com a Pitchula no cio e aquela cachorrada atrás? Peguei ela no colo, cachorro pulando em cima de mim de todo lado. Tendo outras opções (cães) nada. Vou atrás da dona do cão escolhido, consigo acha-la. Vamos para a casa dela. Até que enfim...juntamos os dois e? Como providenciar um leito nupcial? Levamos os dois para o banheiro e ficamos lá batendo papo e esperando. Cômico, hoje eu visualizo a cena e dou risada, duas tontas...O marido dela chegou e viu os quatro no banheiro, os cães e as duas corujas. Levamos uma bronca: Vocês duas não acham que até os cachorros merecem um pouco de privacidade? O que vcs acham que estão fazendo aí? Pegou o casal canino e levou para uma dispensa no fundo do quintal. Fazer o quê? Não era bem isso que imaginei. E me mandou embora, volta daqui umas duas horas, disse ele, e eu obedeci. Quando eu voltei, a Pitchula estava desesperada. Deve ter pensado que eu abandonei ela. Já nem ligava para o reprodutor. Ele já tinha feito o "serviço"!
A gestação da cadela dura de 58 a 62 dias. Mas aí já é outro post.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Programa de Macho


Sábado fiz um programa de "macho". Fui comprar pneus para o carro. Consultei tio Google para saber onde era a loja e como chegar. Mas até tio Google não facilitou muito, ensinou errado, tinha um caminho mais simples. Como pergunto muito, descobri esse outro caminho e por pouco, muito pouco eu não ia me perdendo. Sou mestre em errar o caminho. (Apesar que agora decidi que não vou mais errar.)
Chego na loja, só homem, ou quase, as mulheres que tinha estavam acompanhadas, sozinha só eu!
Vou ao balcão de pneus, converso com o rapaz e ele faz uma pergunta: Qual a medida? Pergunta dificil não vale, eu sabia o aro, sabia a marca, o tipo, mas a medida? Ainda bem que fui com o meu carro, assim ele pode ir até onde estava estacionado e ver "a medida". Pronto, compra feita, agora tenho que levar para colocar, alinhar e balancear. Por que não fiz isso lá? Porque tenho em haver um balanceamento em outro lugar. Além de estar super lotado.
Agora preciso voltar lá com tempo para ver outras coisinhas para o carro, afinal, ele merece, não me deixa na mão nunca!

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Dona Elza

Dona Elza foi a nossa vizinha durante muitos anos. Quando mudamos para a Av Brigadeiro Luis Antonio, ela morava lá com o marido, sr. Theófilo. Eles já eram velhos. Não tiveram filhos, ela teve três abortos, se tivesse tido os filhos seriam 7 (sete) duas gravidez de gêmeos e uma de trigêmeos. Os dois eram europeus, ele alemão, meio nobre e ela era húngara, mais simples, mas arrogante feito uma coisa. Tinha um preconceito racial forte, minha segunda mãe era mulata, então já viu neh?
As casas eram aquelas antigas que se juntavam no fundo, as escadas da cozinha das duas se encontravam. A dona Elza chamava o marido por Théo. Era comum ela parar no alto da escada e gritar: ---THÉOOOOOOOOO... como ele tinha a oficina na garagem, ele corria atende-la. Uma das primeiras coisas que minha irmã aprendeu a falar foi "théo".
Dona Elza tinha vários gatos, as vasilhas dos gatos eram lavadas na pia da cozinha, o prato da empregada no tanque, sente?
Théo fazia tudo, compras, pagamentos, levava a mulher no médico, ela não sabia nem o valor do dinheiro. Era uma época de cruzados, cruzeiros novos, essas coisas, ela tinha perdido a noção do dinheiro. Ele se dava bem com todo mundo, conversava, tinha amigos, ela não. Mal cumprimentava a gente. Não gostava de ninguém. Eles não tinham mais familia nenhuma, só uma sobrinha dele, de segundo grau que morava no Rio de Janeiro.
Um dia Théo foi a farmacia e não voltou, teve um enfarte e morreu. Todo mundo pensou que a dona Elza não iria sobreviver mais que três meses. Com 83 anos, sem saber nadica de nada, dependente do marido para tudo. Ninguém apostava que ela sobreviveria, achavam que ela ia se atirar no túmulo com ele. Eu fui a única a dizer que ela ia longe. E foi! Vendeu o carro, aplicou a grana, desfez da oficina dele, alugou a garagem e viveu mais 18 anos, aprendeu a contar dinheiro e a fazer tudo sozinha. Dezoito anos e com saude! Ela morreu no começo desse ano com 101 anos por que pegou uma pneumonia.



* Agradecendo ao anônimo observador, coloquei o H na palavra húngara. que andei comendo. Pior é que agora fiquei na dúvida da nacionalidade dela, será que era húngara mesmo ou romena?

domingo, 2 de agosto de 2009

Pelossss

Imagem:




Eu falei que comprei um aspirador de pó? Acho que não.
Pelo tamanho da minha casa, eu não teria necessidade, mas pelos pelos da Pitchula, sim!
Ontem eu o usei pela segunda vez, cismei de abrir o saco para ver como estava; genteeeee, quanto pelo! Dava para fazer meia Pitchula, sem exagero! E nem começou o verão ainda, por que no calor é normal a troca de pelos, perde-se a "lãzinha" do inverno.
Tudo que a gente fala nessa vida, a gente "paga" com certeza. Eu lembro quando meu irmão era casado com a 2ª esposa, eu ia na casa dele raramente, os pelos dos gatos me incomodavam. Eram pelos e gatos por todo lado. Quando mudei para o rancho, acabei tendo um monte de gatos e convivendo com pelos e mais pelos.
Agora estou mais equipada para limpar a casa, deixa esquentar um pouco o tempo e toso a pequena peluda, daí fica melhor.

sábado, 1 de agosto de 2009

Começa a campanha de vacinação contra a Raiva 2009

Lançamento da Campanha de Vacinação Contra a Raiva em Cães e Gatos

A abertura da Campanha de Vacinação Contra a Raiva em Cães e Gatos será neste sábado, dia 1º, no Parque do Ibirapuera, das 9 às 15 horas, próximo à ponte de ferro, ao lado da ciclovia. Uma tenda será instalada no local com equipes de vacinadores para a imunização de cães e gatos, além de atendimento para emissão do Registro Geral do Animal (RGA), documento de identificação que pode ser obtido pelo proprietário, mediante pagamento de taxa administrativa de R$ 4, CPF e comprovante de residência. Outras atividades acontecerão no parque como apresentação dos cães da Guarda Civil Metropolitana (GCM).

A vacinação é gratuita! Leve seu cão ou gato para vacinar!

No Parque do Ibirapuera a vacinação só acontece no sábado (1) e prossegue de 03 a 16 de agosto em mais de 1900 postos de vacinação. Veja outras informações neste site.



http://portal.prefeitura.sp.gov.br/secretarias/saude/vigilancia_saude/0042

quinta-feira, 23 de julho de 2009

O amor é lindo!














Imagem daqui

Quem? Eu?

Olha a cara do "vândalo"!



Imagem daqui

Gripe Comum versus A H1/N1

GRIPE COMUM

Febre não chega a 39º
Dor de cabeça leve
Cansaço moderado
Calafrios esporádicos
Dor de garganta acentuada
Tosse
Catarro forte
Pouca dor muscular
Leve ardor nos olhos

INFLUENZA A H1/N1
Febre repentina de 39º
Dor de cabeça intensa
Cansaço extremo
Calafrios intensos
Dor de garganta leve
Tosse seca e sucessiva
Pouco catarro
Dor muscular intensa
Ardor nos olhos intenso

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Deslealdade

Ahhhhhh Sinhá, hoje sou eu que estou aqui feito animal ferido lambendo as feridas...
Como dói Sinhá uma deslealdade. Prefiro tapa na cara, dói menos.
Tudo menos uma deslealdade! Não são os atos que ferem, são as omissões.
Não são as mentiras que machucam, são as verdades não ditas.
Tem um sapão entalado na minha garganta, como digerir? Ou é melhor vomitar?
Que merda!

domingo, 19 de julho de 2009

Semana movimentada


Foi uma semaninha muito movimentada, cheia de emoções.
Saiu o resultado do concurso do HU, Hospital Universitário da USP. eu não fui só a primeira colocada, fui a única. Nem acredito. Tinha pessoas muito mais qualificadas que eu em um aspecto, teoria, e outras melhores qualificadas em outro, prático. E eu fiquei no meio termo. Sou mediana nos dois aspectos.
E agora?????? Quantas dúvidas... Será que vou poder conciliar os dois? Se tiver que optar, qual escolho? O sapatinho velho, confortável, cômodo e o que eu já sei como é? Ou escolho o sapato novo, cheio de possibilidades? E começar tudo de novo? Ahhhhhh...
Lembra do que eu disse no perfil; "Quero mais da vida, quero viver intensamente, quero correr riscos, mas sou covarde, finco meus pés no chão e deixo de alçar voo!"
Complicado...


Imagem daqui

11 Expressões usadas pelas mulheres... e seus reais significados:

(Recebido por email)


1 - "Certo": Esta é a palavra que as mulheres usam para encerrar uma discussão quando elas estão certas e você precisa se calar.
2 - "5 minutos": Se ela está se arrumando significa meia hora. "5 minutos" só são cinco minutos se esse for o prazo que ela lhe deu para ver o futebol antes de ajudar nas tarefas domésticas.
3 - "Nada": Esta é a calmaria antes da tempestade. Significa que ALGO está acontecendo e que você deve ficar atento. Discussões que começam em "Nada" normalmente terminam em "Certo".
4 - "Você que sabe": É um desafio, não uma permissão. Ela está te desafiando, e nessa hora você tem que saber o que ela quer... e não diga que também não sabe!
5 -Suspiro ALTO: Não é realmente uma palavra, é uma declaração não-verbal que freqüentemente confunde os homens. Um suspiro alto signifi ca que ela pensa que você é um idiota e q ue ela está imaginando porque ela está perdendo tempo parada ali discutindo com você sobre "Nada".
6 - "Tudo bem": Uma das mais perigosas expressões ditas por uma mulher. "Tudo bem" significa que ela quer pensar muito bem antes de decidir como e quando você vai pagar por sua mancada.
7 - "Obrigada": Uma mulher está agradecendo, não questione, nem desmaie. Apenas diga "por nada". (Uma colocação pessoal: é verdade, a menos que ela diga "MUITO obrigada" - isso é PURO SARCASMO e ela não está agradecendo por coisa nenhuma. Nesse caso, NÃO diga "por nada". Isso apenas provocará o "Esquece").
8 - "Esquece": É uma mulher dizendo "FODA-SE !!"
9 - "Deixa pra lá, EU resolvo": Outra expressão perigosa, significando que uma mulher disse várias vezes para um homem fazer algo, mas agora está fazendo ela mesma. Isso resultará no homem perguntando "o que aconteceu?". Para a resposta da mulher, consulte o item 3.
10 - "Precisamos conversar!": Fodeu!!!, você está a 30 segundos de levar um pé na bunda.
11 - "Sabe, eu estive pensando...": Esta expressão até parece inofensiva, mas usualmente precede os Quatro Cavaleiros do Apocalipse....
É isso aí!

domingo, 12 de julho de 2009

Fim de semana

O fim de semana prolongado acabou, minha faringite não. Nossa, foram quatro dias de tosse. Pelo menos posso dizer que fiz muitos abdominais, a sensação no abdomem é essa; muita ginástica.
Quando a gente se vê nessa situação é que percebemos como somos frágeis. Como a dor e a febre derrubam um ser humano, como faz de nós um trapinho, um farrapo. E carente, queremos mimos, queremos que as pessoas nos dêem atenção. Queremos, precisamos que cuidem da gente, por que nos sentimos tão vulneráveis que qualquer coisinha pode nos derrubar, afinal se um viruzinho ou uma mera bactéria de nome esquisito pode nos derrubar, o que será de nós? E a febre tolhe nosso raciocinio. Ficamos realmente lesos. Essa noite fiquei feliz por que consegui dormir das quatro da manhã até as oito horas direto, foi a primeira vez em quatro dias que dormi quatro horas seguidas!!! Como a nossa felicidade é feita de coisas pequenas!

sábado, 11 de julho de 2009


Eu levanto por volta das cinco horas da manhã. Ligo a televisão e fico escutando o telecurso segundo grau, enquanto me arrumo. Sempre tem coisas interessantes; é uma matéria que relembro, um ponto de vista diferente, uma visão nova sobre o mesmo assunto já batido. Eu gosto.
Outro dia fomos assistir uma peça de teatro e um dos atores era aquele afrodescendente ( ridículo ter que usar essa palavra) de cabelo grisalho, e eu olhei para ele e me veio um sorriso, mal sabe ele que ele é um dos primeiros homens que vejo pela manhã, quando acordo...
Bom, mas o que eu ia falar é que tem gente que prefere acordar com noticiários cheio de noticias ruins, outros com programas estilo Gil Gomes, cheio de barbaridades e pedofilias. Será que começar o dia com essas imagens faz bem? Por que quando a gente ouve, a gente vai imaginando o que está sendo falado. A imagem fica registrada na cabeça, até ser substituida por outra. Começar o dia com essas imagens sanguinolentas na memória não deve fazer bem nenhum. E para que?
Lembro de uma vez, uma amiga minha comentando sobre o caso de dois meninos que foram barbarizados em uma cidade do interior, e eu perguntei: que diferença faz para você saber disso?
Vai mudar alguma coisa para os meninos? Vai lhe trazer algo de útil? Ahhh ela respondeu, é bom saber e eu perguntei: Por que e para quê? Ela não soube responder.
Eu acordo todo dia de bom humor, mesmo hoje que mal dormi, tossindo a noite inteira. Mas não permito que essas imagens negativas se instalem na minha cabeça.
Uma vez, ouvi um repórter perguntando para um especialista se tinha aumentado a queda de raios, ele respondeu: Não, não aumentou, o que aumentou foi a informação, hoje em dia cai um raio no interior do Paraná e já tem alguém com uma câmera registrando.
Sempre houve crimes, pedofilia, sequestros, a diferença é que hoje sabemos dessas coisa na hora que acontecem. É bom serem noticiadas, claro que é! quanto mais divulgação, mais as pessoas vão se mobilizar para acabar com isso. Mas é preciso atitude, não adianta só enchermos nossa cabeça com noticias ruins e ficarmos de braços cruzados, reclamando das "autoridades" compententes. É preciso que cada um faça a sua parte.


Tosse


Estou sem voz. Ou melhor, com uma voz esganiçada. Tossi a noite inteira, nos intervalos, cochilei...
Teve hora que pensei que ia sair pedacinhos do meu pulmão, de tão intensa que era a tosse. E a dor nas costas? Fico na dúvida se é de tanto tossir, ou se existe a possibilidade de uma pneumonia. Mas agora já estou melhorzinha.
Se eu for no hospital e falar onde trabalho, já vão achar que é a A/H1N1.

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Voz que some

Minha voz está começando a sumir de novo. Acho que ando somatizando alguma coisa.
Esse mês está sendo muito complicado, muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo. É o INCOR que chama para trabalhar (aquele concurso que fiz); é a prova do HU, teorica (duas vezes) e agora prática. A companhia que arrumei pra morar comigo e que já seguiu outro rumo. E outras coisitas mais que exigem atenção, tomadas de decisões. Estou dividindo os assuntos por partes, como Jack, o estripador, e resolvendo assim. Só que nesse meio tempo a garganta começa a coçar de novo, aquela tossinha chata, e a voz começa a sumir. Estou vendo que amanhã, ou depois, amanheço sem voz!

Aprendendo a Viver




- Aprendi que peixinhos dourados não gostam de gelatina (5 anos)
- Aprendi que meu pai pode dizer um monte de palavras que eu não posso. (8 anos)
- Aprendi que minha professora sempre me chama quando eu não sei a resposta. (9 anos)
- Aprendi que se pode estar apaixonado por 4 garotas ao mesmo tempo. (9 anos)
- Aprendi que os meus melhores amigos são os que sempre me metem em confusão. (11 anos)
- Aprendi que se tenho problemas na escola, tenho mais ainda em casa. (11 anos)
- Aprendi que quando meu quarto fica do jeito que quero, minha mãe manda eu arrumá-lo. (13 anos)
- Aprendi que não se deve descarregar suas frustrações no seu irmão menor, porque seu pai tem frustrações maiores e mão mais pesada. (15 anos)
- Aprendi que os grandes problemas sempre começam pequenos. (20 anos)
- Aprendi que nunca devo elogiar a comida de minha mãe quando estou comendo alguma coisa que minha mulher preparou.(25 anos)
- Aprendi que se pode fazer num instante algo que vai lhe dar dor de cabeça a vida toda. (28 anos)
- Aprendi que para todo o lugar que vou, os piores motoristas me seguem. (29 anos)
- Aprendi que quando minha mulher e eu temos, finalmente, uma noite sem as crianças, passamos a maior parte do tempo falando sobre elas. (29 anos)
- Aprendi que casais que não tem filhos, sabem melhor como você deve educar os seus. (29 anos)
- Aprendi que mulheres gostam de ganhar flores, especialmente sem nenhum motivo. (33 anos)
- Aprendi que não cometo muitos erros com a boca fechada. (34 anos)
- Aprendi que existem duas coisas essenciais para um casamento feliz: contas bancárias e banheiros separados. (36 anos)
- Aprendi que se quiser ser convidado a festas, tenho que dá-las. (38 anos)
- Aprendi que toda a vez que estou viajando gostaria de estar em casa e toda vez que estou em casa gostaria de estar viajando. (38 anos)
- Aprendi que a época que preciso realmente de férias é justamente quando acabei de voltar delas. (38 anos)
- Aprendi que você sabe que sua esposa o ama quando sobram dois bolinhos e ela pega o menor. (39 anos)
- Aprendi que nunca se conhece bem os amigos até que se tire férias com eles. (41 anos)
- Aprendi que se você está levando uma vida sem fracassos, você não está correndo riscos o suficiente. (42 anos)
- Aprendi que casar por dinheiro é a maneira mais difícil de conseguí-lo. (42 anos)
- Aprendi que você pode fazer alguém ganhar o dia simplesmente mandando-lhe um pequeno cartão. (44 anos)
- Aprendi que a qualidade de serviço de um hotel é diretamente proporcional a espessura das toalhas. (46 anos)
- Aprendi que crianças e avós são aliados naturais. (47 anos)
- Aprendi que se você cuidar bem de seus empregados, eles cuidarão bem de seus clientes. (49 anos)
- Aprendi que quando chego atrasado ao trabalho, meu patrão chega cedo.(51 anos)
- Aprendi que o objeto mais importante de um escritório é a lata de lixo. (54 anos) - Aprendi que é impossível tirar férias sem engordar cinco quilos. (55 anos)
- Aprendi que é legal curtir o sucesso, mas não se deve acreditar muito nele.. (63 anos)
- Aprendi que não posso mudar o que passou, mas posso deixar pra lá. (63 anos)
- Aprendi que a maioria das coisas com que me preocupo, nunca acontecem. (64 anos)
- Aprendi que todas as pessoas que dizem que "dinheiro não é tudo" geralmente tem muito. (66 anos)
- Aprendi que se você espera se aposentar para começar a viver, esperou tempo demais. (67 anos)
- Aprendi que nunca você deve ir para cama sem resolver uma briga. (71 anos)
- Aprendi que quando as coisas vão mal, eu não tenho que ir com elas. (72 anos)
- Aprendi que envelhecer é importante se você é um queijo. (76 anos)
- Aprendi que te amei menos do que deveria (91 anos)
- Aprendi que tenho muito a aprender. (92 anos)

(Desconheço a autoria) - recebido por email

terça-feira, 7 de julho de 2009

Viva como as flores




Mestre, como faço para não me aborrecer?
Algumas pessoas falam demais, outras são ignorantes.
Algumas são indiferentes. Sinto ódio das que são mentirosas e ainda sofro com as que caluniam.

Pois viva como as flores, advertiu o mestre.

Como é viver como as flores? - Perguntou o discípulo.

Repare nestas flores, continuou o mestre, apontando lírios que cresciam no jardim. Elas nascem no esterco, entretanto, são puras e perfumadas.
Extraem do adubo malcheiroso tudo que lhes é útil e saudável, mas não permitem que o azedume da terra manche o frescor de suas pétalas.
É justo angustiar-se com as próprias culpas, mas não é sábio permitir que os vícios dos outros o importunem.

Os defeitos deles são deles e não seus.
Se não são seus, não há razão para aborrecimento.
Exercite, pois, a virtude de rejeitar todo o mal que vem de fora.

Isso é viver como as flores. "

Autor Desconhecido


domingo, 5 de julho de 2009

5ª FESTA JULINA - ARRAIÁ SOLIDÁRIO

5 de julho de 2009

Hoje



A Seara Bendita realizará a 5ª Festa Julina – Arraiá Solidário – no dia 5 de julho de 2009 (domingo), das 12h às 21h na Rua Demóstenes.

Mais uma vez, diversas barraquinhas de comidas e brincadeiras estarão à disposição dos visitantes como churrasco, cachorro-quente, canjica, frutas com chocolate, pastel, bolos, refrigerante, pescaria, bingo, música ao vivo e muitas outras deliciosas atrações.



Estaremos lá, com certeza.

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Cuide-se bem

O melhor que vc pode fazer é reforçar o seu sistema imunológico através de uma alimentação correta e saudável, no sentido de manipular sua imunidade
Antes de mais nada, tome pelo menos um litro e meio de água por dia, pois os vírus vivem melhor em ambientes secos e manter suas vias aéreas úmidas desestimulam os vírus. Não a tome gelada, sempre preferindo água natural e de preferência água mineral de boa qualidade.
Não tome leite, principalmente se estiver resfriado ou com sinusite, pois produz muito muco e dificulta a cura.
Use e abuse do Iogurte natural, um excelente alimento do sistema imunológico.
Coloque bastante cebola na sua alimentação.
Use e abuse do alho que é excelente para o seu sistema imunológico.
Coloque na sua alimentação alimentos ricos em caroteno (cenoura, damasco seco, beterraba, batata doce cozida, espinafre cru, couve) e alimentos ricos em zinco (fígado de boi e semente de abóbora).
Faça uma dieta vegetariana (vegetais e frutas).
Coloque na sua alimentação salmão, bacalhau e sardinha, excelentes para o seu sistema imunológico.
O cogumelo Shiitake também é um excelente anti-viral, assim como o chá de gengibre que destrói o vírus da gripe.
Evite ao máximo alimentos ricos em gordura (deprimem o sistema imunológico), tais como carnes vermelhas e derivados.
Evite óleo de milho, de girassol ou de soja que são óleos vegetais poli-insaturados.

Importante: mantenha suas mãos sempre bem limpas e use fio dental para limpar os dentes, após a escovação.
Com esses cuidados acima e essa alimentação... os vírus nem chegarão perto de vc.

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Defeitos



Correria


Essa semana não está sendo fácil. Agitada, cheia de decisões, e assuntos pendentes. Parece que já é sexta feira, mas por outro lado ainda bem que não é; tem muita coisa, ainda, para ser feita!
Trabalhos a serem feitos, relatório inacabado. Palestras a serem organizadas. Ufa, vamos ver se consigo...
Noites mal dormidas, correria, correria, stress e eu que falei para a Lu ter calma...


segunda-feira, 29 de junho de 2009

Ouvido masculino

Para refletir e rir....
Da série "como os homens funcionam", veja um belíssimo exemplo do ouvido seletivo masculino (a mais pura realidade!).
Ouvido Masculino
O que a mulher diz:

- Esse lugar está uma bagunça, amor!
Você e eu precisamos limpar isto.
Suas coisas estão jogadas no chão
e você vai ficar sem roupas
pra usar se não lavá-las agora mesmo.

O que o homem escuta:
- blah, blah, blah, blah, AMOR,
blah, blah, blah, blah, VOCÊ E EU,
blah, blah, blah, blah, NO CHÃO,
blah, blah, blah, blah, SEM ROUPAS,
blah, blah, blah, blah, AGORA MESMO.

Percebem a diferença?


Recebi por email como de Carlos Drummond de Andrade, não consegui comprovar.

sábado, 27 de junho de 2009

Aceita um gole?














Influenza A/H1N1 (gripe suína) - O que precisamos saber



O que é Influenza A/H1N1 (gripe suína)?

É uma doença transmitida por um novo tipo de vírus da mesma família que transmite a gripe. A partir de agora você vai ouvir na televisão, rádio e ler nos jornais o nome Influenza A/H1N1 e não mais gripe suína.


Como é transmitida a Influenza A/H1N1?

É transmitida de pessoa para pessoa especialmente através de tosse ou espirro. Algumas pessoas podem se infectar entrando em contato com objetos contaminados. Não há registro de transmissão do novo subtipo da Influenza A/H1N1 por meio da ingestão de carne de porco ou produtos derivados.


Quais são os sintomas da Influenza A/H1N1?

São sintomas semelhantes aos da gripe: febre alta e tosse, mas em alguns casos também podem aparecer: dor de cabeça e no corpo, garganta inflamada, falta de ar, cansaço, diarréia e vômitos.


Qualquer pessoa pode pegar a Influenza A/H1N1?

No momento, esse contágio está acontecendo de forma restrita em alguns países. Então, por enquanto, está mais sujeito a pegar a “gripe suína”, quem viajar para esses lugares. Mas o mundo está em alerta, porque hoje em dia muitas pessoas viajam para diversos países.


O que eu devo fazer se tiver dúvida sobre ter contraído a Influenza A/H1N1?

Se você chegou de uma viagem internacional e nos últimos 10 dias da sua chegada surgirem sintomas como febre alta (maior do que 38°C), tosse, dor de cabeça, dor no corpo, garganta inflamada, procure um serviço de saúde e informe sobre sua viagem. O médico avaliará se você é um caso suspeito ou apenas um caso em que deve ser acompanhada a evolução dos sintomas.
Como qualquer gripe pode evoluir para sinusite ou até para um quadro pulmonar.


Se eu pegar a doença, tem tratamento?

Sim, existe remédio por via oral que combate o vírus da Influenza A/H1N1. Outras medidas como repouso, ingestão de líquidos e boa alimentação podem auxiliar na recuperação da sua saúde.


Existe uma vacina?

Ainda não temos uma vacina contra a Influenza A/H1N1. Os grandes institutos de pesquisa do mundo já estão trabalhando na produção de uma vacina. Os pesquisadores acreditam que será possível ter uma vacina para a Influenza A/H1N1 ainda em 2009.


O que eu devo fazer se tiver dúvida sobre ter contraído a
Influenza A/H1N1?

Para proteger as pessoas próximas, cubra sempre o nariz e a boca quando espirrar ou tossir. Lave as mãos com freqüência com água e sabão porque você pode ter tocado uma superfície que contenha saliva de uma pessoa infectada e ao levar as mãos à boca ou olhos pode se infectar. Sempre que possível evite aglomerações ou locais pouco arejados. Mantenha uma boa alimentação e hábitos saudáveis.

Qualquer dúvida ligue para o Disque Central Médica do Centro de Vigilância Epidemiológica - 0800 555 466 O atendimento está disponível durante 24h, todos os dias.

terça-feira, 23 de junho de 2009

Teste do amor verdadeiro

Desconheço a autoria, recebido por email.




Teste verdadeiro, funciona mesmo.



Infalível !



Para você saber quem lhe ama de verdade, faz o seguinte teste :

1 - Tranca seu cachorro e sua companheira (seu companheiro) no porta-malas do carro.

2 - Aguarda exatamente uma hora (uma hora mesmo, senão o teste não dá certo).

3 - Abra o porta-malas do carro.

4 - Veja quem está feliz em lhe ver novamente!

É Impressionante!

domingo, 21 de junho de 2009

Cotas


Copiado do Tutty Vasques

Depois de garantir espaço a modelos negras e indígenas, a São Paulo Fashion Week 2010 pode ter uma cota para gordas.

As feias devem ter que esperar até 2011.

Humildade?


Lembram-se daquele exemplo de humildade, a Susan Boyle? Aquela que chegou no programa de talentos britanico e arrasou? Pois bem, ela está cobrando o equivalente a 370 mil reais para se apresentar em eventos corporativos, o mesmo que uma palestra de Al Gore.




sábado, 20 de junho de 2009

Histórias de Pitchula -- Ração


A Pitchula tem muitas histórias, pitorescas, vou contar algumas:
Uma vez comprei uma ração, não consigo lembrar a marca, já tentei, tentei, mas não lembro. Acho que apagou da minha memória. Mas lembro que era um grão meio estrelado. Alguma coisa parecida com meu desenhinho horroroso. Era uma ração cara, marca boa.
Bom, notei que a Pitchula ficou uns dois dias sem comer, como ela não tinha problema nenhum de saúde na época não me preocupei muito.
Quando voltei do trabalho numa noite, ela estava no sofá e tinha uma mancha de sangue perto dela. Lógico que me assustei, mas eu sou controlada nessa hora, comecei a fazer carinho nela e procurar algum machucado. Nada. Daí reparei que ela levava a pata a boca, comecei a olhar os dentes e achei. O grão da ração encaixou no espaço de dois dentes e já devia estar ali há uns dois ou três dias, me senti a "mãe" mais relapsa desse mundo. Peguei uma pinça e com cuidado tirei o grão. Já estava até com mal cheiro. Tadinha, deve ter ficado tão incomodada...Tinha um buraco no lugar, limpei, tinha líquido de Darki e passei. Sarou rápido, cães levam essa vantagem, se recuperam muito fácil.
Liguei para a empresa e contei o ocorrido, afinal poderia ter sido bem pior. E aqueles cachorros que as pessoas não ficam em cima, como eu? o que poderia ter acontecido? Nem preciso dizer que nunca mais comprei aquela marca. E me preocupo sempre em olhar os dentes dela, que por sinal não tem nem tártaro!

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Ingressos gratuitos para o teatro


Entre no site: http://www.festadoteatro.com.br/index.html



* Eu vi a fila no Centro Cultural São Paulo, enoooorrrme!

A Hu1000dade é e100cial!

Novos hábitos


Meus novos hábitos estão sendo incorporados. Estou conseguindo. Nem acredito que está sendo viável.
Um novo hábito: Não estou esquentando minha cabeça. Simples. Vou passar a viver da mesma forma que encarei a doença da Pitchula; um dia de cada vez. Não vou viver por antecipação, muito menos sofrer!
Estou evitando a ansiedade, meus problemas são meus e os das pessoas são delas. Posso até opinar, se me for solicitado, porém não vou deixar os problemas das pessoas se incorporarem aos meus. Cada qual com o seu. Parece egoista? Não, não é! É saudável. Eu não posso resolver as coisas pelas pessoas, não posso resolver seus problemas emocionais, financeiros, familiares, então por que vou ficar me envolvendo e sofrendo pela pessoa e por mim? Melhor eu me manter isenta para poder dar apoio sem interferências e principalmente sem deixar afetar por eles.
Vou ter recaídas? Claro, sou humana! Porém eu vou continuar persistindo.