sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

CANTADA

Existem cantadas e cantadas.  Eu não esqueço a cantada que o homem que me sorri com os olhos me deu. Fazia muito pouco tempo que tinhamos nos conhecido. É até interessante, conheciamos as mesmas pessoas, frequentávamos o mesmo lugar e  nunca tinhamos nos notado. Engraçado; tudo tem sua hora. Nossa hora era aquela. Bom, na segunda ou terceira vez que nos vimos, conversamos qualquer coisa sobre a Pitchula, eu falei dela para ele. Nos encontramos de novo no mesmo dia e ele me perguntou: Aonde sua cachorra dorme? Com você? Eu disse que sim ele "lascou" a frase: "Tenha certeza de uma coisa: eu ainda vou estar no lugar dela!". Eu achei uma ousadia da parte dele, nem me conhecia direito, não sabia a reação que eu poderia ter. Surpresa, não respondi nada.Mas ele conseguiu o que queria, me chamou a atenção sobre ele e me deixou curiosa.
Hoje em dia, cada vez que acordo de manhã, e a Pitchula pula em cima de mim, dou risada. Imagino se fosse ele no lugar da Pitchula, ainda bem que ele não tem essa mania dela. É mais delicado que ela...

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

NATAL




Eu lembrei muito hoje de um Natal. Aquele que eu descobri que o Papai Noel não existia.
Sempre fui curiosa, intrometida, diriam alguns. Eu sei que achei os presentes guardados em uma gaveta. Lembro direitinho da boneca. Eu devia ter uns seis anos. Minha mãe era viva ainda, se ela morreu eu tinha sete, deve ter sido no Natal do ano anterior, pois no último da vida dela, ela já estava muito mal. Não contente em descobrir, eu ainda contei para todo mundo a minha descoberta. Criei polêmica, como sempre. Muitos acreditaram em mim, outras crianças da vizinhança não acreditaram, mas as mães dessas crianças ficaram muito bravas comigo. E como castigo fiquei sem presente. Era costume sairmos pela rua, na manhã do dia de Natal, mostrando nosso presente, ganhavamos um só, não era esse exagero de hoje. E todas as crianças mostrando o presente e eu só olhando. Revoltada, chateada. Além da descoberta, ainda tinha que amargar a privação do presente.  No final da manhã, quando todas estavam cansadas de brincar, meu pai convenceu minha mãe a me dar a boneca, mas aí já não tinha graça. Não tinha mais para quem mostrar e brincar. Um presente com gosto amargo.

ROUQUIDÃO

Estou rouquinha. Rouquinha, não louquinha... Minha voz está acabando de sumir. 
Ontem, cada vez que ligava para alguém, ou atendia o telefone, as pessoas achavam que eu estava chorando. A garganta começou a arranhar na segunda, depois foi piorando. Eu acho que pode ter sido em função da pintura na cozinha, 'respirar' tinta. 

domingo, 21 de dezembro de 2008

PINTURA

Trabalhei feito gente grande essa semana. 

Dia 11 de dezembro comprei os armários da cozinha, que eu estava enrolando há mais de seis meses para comprar. Bom tinha que me livrar do velho, passar massa corrida na parede da cozinha, lixar e pintar. Isso tudo antes do outro chegar. Tirei as coisas do armário e coloquei tudo na sala. Sorte que as Casas  André Luis vieram pegar o velho rapidim. Sentiu o drama? Lembra-se que eu moro numa kitsch grande, mas não deixa de ser uma quitinete. O novo chegou dia 13. Eu sei que tive que ralar essa semana. e trabalhando, e ainda tive que resolver coisas na rua. Mas consegui pintar a tempo na sexta. E olha que na sexta  tinha a confraternização da Seara e eu fiz dois pratos, um doce e outro salgado, sentiu? Pintando a cozinha e assando torta? Só eu mesma. Não conheço outra que faça isso. E  indo almoçar com o namorante. Uma correria só, mas dei conta de tudo. O montador veio no sábado. e ontem consegui arrumar os utensílios, lavadinhos dentro do armário. Hoje terminei de arrumar, a cozinha tá um brinco, e eu cansada, cansada mas aliviada e satisfeita.

sábado, 13 de dezembro de 2008

ENTREGA DAS SACOLINHAS


Hoje foi a entrega das sacolinhas de Natal na escola, aquela escola que o Grupo ACN faz um trabalho de evangelização, aqueeeele que eu me engajei...
Chegamos lá as sete da manhã, eu e o meu amigo de, quase, todas as horas, ele decidiu me acompanhar, não pedi, nem sugeri. Ele, de livre e espontânea vontade, se prontificou, eu fico tão orgulhosa... E mais ainda, parece que vai aderir mesmo, no ano que vem!
Trabalhamos muito, carregamos sacolas com sacolinhas escadas acima, carregamos cestas básicas, ajudamos a distribuir lanches, refrigerantes, mas nos divertimos muito, teve show de mágica, e rimos junto com as crianças...E choramos também. Teve uma menininha que começou a cantar aquela musica "...Quero ver você não chorar..." Não deu outra; ela começou a chorar e nós, muito solidários, choramos junto...
Passamos horas diferentes, bem diferentes.
Tirei muitas fotos, mas nem todas ficaram boas, faltava iluminação, outras era um tal de alguém passar na frente na hora. Quem quiser ver mais fotos acesse o Picasa. Prefiro o Picasa, pois baixar fotos nele é muito mais rápido que no Flickr

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

ANIVERSÁRIO PITCHULA


Hoje é aniversário da Pitchula. São treze anos. Eu sei, bem velhinha, mas ela pensa que é jovem...

Eu sempre quis ter um cachorro, tive quando era criança e fui obrigada a deixar para trás quando viemos morar no centro de São Paulo, ele ficou bem, mas nunca mais tivemos cachorros em casa. Quando casei e fui morar no rancho, primeira coisa que pensei foi em ter um cão, mas o Miguel não queria, ele achava que ia nos prender em casa. Eu levei três anos para convencê-lo. Quando a cadelinha vira-lata do vizinho cruzou com o poodle com pedigree da minha amiga, consegui convencê-lo. Curti a gestação da cadela. Quando nasceram os filhotes escolhi a mais feinha, pois sabia que ninguém ia querê-la, tadim, cheia de pulgas, sem pelo, cortaram o rabo demais e ficou sem nada de rabo. Já falei que a Pitchula não tem nadica de rabo? Já estava com bicheira no umbigo, daí eu tomei uma decisão radical, tirei da mãe com 20 dias, foi o meu presente de Natal. Eu amamentei a Pitchula com mamadeira, e dava chás e mais chás, chorava muito, muito mesmo, tinha dores horríveis, vermes de monte, levei dois anos para acabar com todos os vermes. Bom, deixa prá lá... O que realmente importa é que essa pequena cadelinha vira-lata me acompanha a 13 anos, me amando, me ensinando a ser paciente, a ser confiante, me ensinando a amar incondicionalmente, o que não é nada fácil. Eu agradeço a Deus por ter colocado esse anjo de pelos em minha vida.

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

SONHO

Eu tive um sonho bem estranho nessa madrugada. Não lembro da historia do sonho, lembro que Pedro, sabe o Pedro, aquele que foi apóstolo de Jesus? Ele mesmo. Pois bem ele dizia para mim a célebre fase: "O amor cobre uma multidão de pecados". E eu no sonho contestava, achava que não podia se perdoar tudo, ou algo assim, sei que me portava com rebeldia. Então Jesus aparecia e reforçava o que Pedro tinha dito. Dizendo para eu acreditar por que Pedro tinha razão! Não sei o que isso quer dizer ainda, mas que eu fiquei muito convencida, lá isso fiquei. O homem que me sorri com os olhos, riu de mim o dia inteiro, tentando me fazer descer do pedestal. Eu, reles mortal sendo visitada no sonho, por nada menos que Pedro e Jesus, juntos! To podendo...

RENAUT ROAD SHOW - 2







Domingo eu fui no Ibirapuera ver um carro de Fómula Um de pertinho. Fui no Renaut Road Show. Não tinha tanta gente como imaginei. A organização reservou arquibancadas para os convidados especiais(não era meu caso), que não foram, as arquibancadas ficaram bem ralinhas, com muitos buracos. Se eu fosse organizadora do evento, liberava as arquibancadas para o povão, pelo menos para ficar bonito na filmagem. A Renaut mostrou os carros antigos fabricados, apresentou os lançamentos e os carros de corridas, inclusive a Fórmula Um que foi pilotada pelo Nelsinho Piquet. Teve acrobacias também.
Eu dei a volta e consegui ficar atrás do "padock" (é assim que escreve?) . Tirei fotos que ficaram muito boas, principalmente por serem em movimento e sem posição favorável. E mais ainda, por eu não ser uma grande fotógrafa!

E PARA NÓS, ONDE JESUS NASCEU?


Perguntemos a Maria de Magdala, onde e quando nasceu Jesus. E ela nos responderá:- Jesus nasceu em Betânia. Foi certa vez, que a sua voz, tão cheia de pureza e santidade, despertou em mim a sensação de uma vida nova com a qual até então jamais sonhara.
Perguntemos a Francisco de Assis o que ele sabe sobre o nascimento de Jesus. Ele nos responderá:- Ele nasceu no dia em que, na praça de Assis entreguei minha bolsa, minhas roupas e até meu nome para segui-lo incondicionalmente, pois sabia que somente ele é a fonte inesgotável de amor.
Perguntemos a Pedro quando deu o nascimento de Jesus, Ele nos responderá:- Jesus nasceu no pátio do palácio de Caifas, na noite em que o galo cantou pela terceira vez, no momento em que eu o havia negado. Foi nesse instante que acordou minha consciência para a verdadeira vida.
Perguntemos a Paulo de Tarso, quando se deu o nascimento de Jesus. Ele nos responderá:- Jesus nasceu na Estrada de Damasco quando, envolvido por intensa luz que me deixou cego, pude ver a figura nobre e serena que me perguntava: Saulo, Saulo porque me persegue? E na cegueira passei a enxergar um mundo novo quando eu lhe disse:- Senhor, o que queres que eu faça?!
Perguntemos a Joana de Cusa onde e quando nasceu Jesus. E ela nos responderá:- Jesus nasceu no dia em que, amarrada ao poste do circo em Roma, eu ouvi o povo gritar:- Negue! Negue!E o soldado com a tocha acesa dizendo:- Este teu Cristo ensinou-lhe apenas a morrer?Foi neste instante que, sentindo o fogo subir pelo meu corpo, pude com toda certeza e sinceridade dizer:- Não me ensinou só isso, Jesus ensinou-me também a amá-lo.
Perguntemos a Tomé onde e quando nasceu Jesus. Ele nos responderá:- Jesus nasceu naquele dia inesquecível em que ele me pediu para tocar as suas chagas e me foi dado testemunhar que a morte não tinha poder sobre o filho de Deus. Só então compreendi o sentido de suas palavras:- Eu sou o caminho, a verdade e a vida.
Perguntemos à mulher da Samaria o que ela sabe sobre o nascimento de Jesus. E ela nos responderá:- Jesus nasceu junto à fonte de Jacob na tarde em que me pediu de beber e me disse:- Mulher eu posso te dar a água viva que sacia toda a sede, pois vem do amor de Deus e santifica as criaturas.Naquela tarde soube que Jesus era realmente um profeta de Deus e lhe pedi: - Senhor, dá-me desta água.
Perguntemos a João Batista quando se deu o nascimento de Jesus. Ele nos responderá:- Jesus nasceu no instante em que, chegando ao rio Jordão, pediu-me que o batizasse.E ante a meiguice do seu olhar e a majestade da sua figura pude ouvir a mensagem do Alto:- "Este é o meu Filho Amado, no qual pus a minha complacência!- Compreendi que chegara o momento de ele crescer e eu diminuir, para a glória de Deus.
Perguntemos a Lázaro onde e quando nasceu Jesus? Ele nos responderá:- Jesus nasceu em Betânia, na tarde em que visitou o meu túmulo e disse: - Lázaro! Levanta.Neste momento compreendi finalmente quem Ele era... A Ressurreição e a Vida!Perguntemos a Judas Iscariotes quando se deu o nascimento de Jesus. Ele nos responderá:- Jesus nasceu no instante em que eu assistia ao seu julgamento e a sua condenação.Compreendi que Jesus estava acima de todos os tesouros terrenos.
Perguntemos a Bezerra de Menezes o que ele sabe sobre o nascimento de Jesus e ele nos responderá:- Jesus nasceu no dia em que desci as escadas da Federação Espírita Brasileira e um homem se aproximou dizendo:- Vim devolver-lhe o abraço que me deste em nome de Maria, porque renovei minha fé e a confiança em Deus.Foi naquele instante que percebi a Sua misericórdia e o Seu imenso amor pelas criaturas.
Perguntemos, finalmente, a Maria de Nazaré onde e quando nasceu Jesus. E ela nos responderá:-Jesus nasceu em Belém, sob as estrelas, que eram focos de luzes guiando os pastores e suas ovelhas ao berço de palha. Foi quando o segurei em meus braços pela primeira vez e senti se cumprir a promessa de um novo tempo através daquele Menino que Deus enviara ao mundo, para ensinar aos homens a lei maior do amor.Agora pensemos um pouquinho:E para nós, quando Jesus nasceu?Pensemos mais um pouquinho:e se descobrirmos que ele não nasceu?Então, procuremos urgentemente fazer com que ele nasça um dia destes, porque, quando isso acontecer, teremos finalmente entendido o Natal e verdadeiramente encontrado a luz.Que Jesus nasça em nossos corações e que seja sempre Natal em nossas vidas, para que nunca nos falte a Esperança e a Alegria Cristã.