domingo, 30 de novembro de 2008

RENAUT ROAD SHOW

videoFui euzinha que filmou, nem eu acredito nisso!

TECLADO












Eu salvei algumas almas do purgatório ontem. Eu limpei meu teclado. Tá certo que eu já tinha até pensado que se não conseguisse montá-lo de novo, já estaria na hora de comprar um novo. Eu desmontei e achei que saberia o lugar de todas as pecinhas. Que nada, aquelas teclas que a gente quase não usa, vc apanha para lembrar a posição correta. e as teclinhas do multimidia, que eu não uso, não tenho nem idéia da sequência. Mas o mais importante é que eu acabei com a criação de ácaros. E devia estar bem populosa, pois alimentos é que não faltava para eles. Um nojo. Sem falar na quantidade de pelos da Pitchula. Como entra tanto pelo dentro do teclado? Ela não usa o teclado e nem fica sobre a mesa
Eu montei e desmontei ele umas três vezes, não funcionou da primeira, caiu umas bases de silicone na segunda e terceira vez, e ficou com uma carreira inteirinha errada, e agora o espaço está ruim, isso quer dizer que eu vou ter que desmontar "dinovo"...

DOAÇÃO DE SANGUE -


TEXTO DO SITE REAÇÃO AMBIENTAL



Quantas vezes você já quis ajudar alguém, mas não sabia como?
Fazer a vida dos outros melhor é mais fácil do que você pode imaginar.
Não é necessário gastar uma fortuna, muito menos ocupar todo o seu tempo.
Basta 1 hora e você poderá efetivamente salvar a vida de alguém!
Por isso o Blog Reação Ambiental lança sua primeira campanha: Doe Sangue!
Mesmo com os avanços da ciência e suas várias descobertas, ainda não foi encontrado um substituto para o sangue humano.
Não existe um fluído que possa ser colocado nas veias para às situações de necessidade, a pessoa só pode contar com a solidariedade de outras pessoas.
Para doar sangue é facil, rápido e seguro, basta você ir até um posto de coleta de sangue espalhados por todo o país. Lá eles farão um rápido questionário e um exame simples para avaliar se você poderá fazer sua doação.
Com este pequeno gesto, você estará salvando vidas. Seu sangue poderá significar a continuidade dos sonhos de outra pessoa.

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

SOU FELIZ


Eu sou feliz quando meu gato(de quatro patas) vem e roça em mim, pedindo carinho.Sou feliz quando minha cachorra faz festa para mim.
Sou feliz quando olho esse céu azul. Quando o sol aquece minha pele, quando cai a chuva tão desejada. Quando vejo uma flor, quando como uma fruta tirada do pé. Quando sinto o vento suave, quando cai a noite com estrelas, sem estrelas, com lua, sem lua.
Ahhhh Quando olho esse rio, como eu sou feliz!
Sou feliz quando ouço a voz de um ente querido. Sou mais feliz ainda quando toco e sou tocada por pessoas queridas. Sou feliz quando aqueles que me são caros estão felizes.
Sou feliz por ter tido um grande homem.
Sou feliz por ter Deus em meu Coração.
Sou feliz por estar viva.
*Texto escrito em 14 de abril de 2000, no rancho.

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

ENCHENTES



A primeira foto é do rancho durante a enchente, consegue ver?
A segunda é o depois, vamos arrumar os estragos...

Estou até evitando ver as reportagens sobre as enchentes em Santa Catarina. Como eu sei o que é isso...Eu passei por três enchentes quando morava no rancho. Enchente na beira do rio é diferente daqui de São Paulo, aqui sobe rapidim e desce do mesmo jeito, lá não, demora a subir, é uma tortura, depois demora a baixar. A primeira em 1997, entrou meio metro de água dentro de casa e ficou 12 dias para baixar. Foi quando meu marido caiu em um buraco, machucou a perna e infeccionou de tal forma que ficou 5 meses para sarar. A segunda, em 98, atingiu 1 (um) metro e demorou uns dez dias para descer. O Miguel, meu marido, teve o AVC (derrame). Eu com a casa cheia de água e ele no hospital. E a última, em 2004, perdi o que tinha sobrado das minhas coisas, foi 1,5m (um metro e meio) de água dentro de casa. Eu já tinha voltado para São Paulo, não tive como acudir o que estava dentro da casa. Já vendi o rancho.

MÊS COMPRIDOOO

E esse mês que não acaba nunca? Ainda temos essa semana inteirinha. Minha grana já acabou há muito tempo e o dia do pagamento não chega, que coisa!

domingo, 23 de novembro de 2008

O HOMEM QUE ME SORRI COM OS OLHOS

Como não amar um homem que dá um jeito de "fugir" no meio do dia só para lhe dar um beijo?
Como não amar um homem que sempre dá um jeitinho de telefonar em qualquer hora e em qualquer lugar que esteja?

*Tá, podem até dizer que no começo é assim. Mas já estamos juntos a mais de seis meses; portanto já saímos da fase inicial...

ESCALA DE DEZEMBRO

Tive um "pit" na sexta feira no trabalho. Pego a escala de dezembro e me vejo escalada no dia 25, dia de Natal, tudo bem, eu já sabia...Dai vejo que estou escalada no dia 31 também...Perá lá, sempre foi um dia para cada um, quem trabalha no Natal folga no ano novo...Mas não parou por aí, olho atentamente e me vejo escalada em TODOS OS FINAIS DE SEMANA! Pô... todos finais de semana? Que isso? Quer dizer que eu tenho que trabalhar todos os finais de semana, mais o dia de Natal e a vépera de ano novo? Não tenho familia? Casa? Cachorro? Namorado? Não tenho vida fora do hospital? Sempre foi dividido, somos em dois técnicos, conseqüentemente um trabalha dois e o outro dois finais de semana. Simples. Tá certo que sou mais bonita, mais gostosa, mas nem por isso tem que me ... sacanear assim, concorda?
A escala já estava para ser distribuida, pedi para a Adriana, a responsável pela secretaria que me desse na mão a escala, que eu iria na hora falar era com o Dr André, o diretor do hospital, afinal ele mesmo falou que quem se sentisse prejudicado de alguma forma era para procurá-lo, era um excelente motivo. Mas ela me pediu para ter paciência que ela ia resolver a questão. Vai falar com o chefe, Dr. Calore, na segunda feira e acertar essa escala. Daqui a pouco eles vão fazer igual a de agosto que no final falaram que EU é que tinha feito a escala. Pode? Eu mesma fazer para me prejudicar? Pois eles falaram...

GATOS - Remédios


Eu já tive gatos. Gatos são diferentes de cães, bem diferentes. Gato não gosta de tomar remédio, cães também não gostam, mas conseguimos persuadi-los a tomar com algum pedaço de carne, salsicha, fácil fácil...Gato não... Eu colocava o comprimido dentro de um bolinho de carne moida, dava para o gato ele comer e achar o comprimido em seguida no chão! Bom comecei a amassar o comprimido, ele consegue separar da carne, comer a carne e, lógico...deixar os farelos do comprimido no chão. Tenho uma amiga que a gata dela engolia o comprimido por livre e espontânea pressão e depois cuspia debaixo da cama, ela crente que a gata estava medicada e a infeliz escondendo o produto da malandragem debaixo da cama! E quando o gato começa a espumar? Remédio líquido? Ele espuma....Parece que comeu sabão em pó.

Tem que dar remédio pra gato? Quer um conselho? Dê injetável. Arrume umas duas pessoas para segurá-lo, mais uma para aplicar o remédio, e outra para ficar na orientação dos procedimentos...

GATOS ---- remédio - tutorial

Como dar Remédio a um gato.
Pequeno tutorial de

Como dar Remédio ao seu querido gatinho. hehehehe

1. Pegue o amável gatinho e coloque-o em seu braço esquerdo como se estivesse segurando um bebê. Posicione o dedo indicador e o polegar da mão esquerda em cada canto da boca do bichano, com cuidado para não ferir o bichinho. Pressione levemente para que ele abra a boca. Tão logo isto aconteça, coloque o comprimido em sua boca. Permita que o animalzinho feche a boca e engula a pílula.

2. Pegue a pílula do chão e o assustado gato atrás do sofá. Encaixe-o no seu braço esquerdo e repita o processo.

3. Apanhe o gato no quarto e jogue fora o comprimido encharcado.

4. Pegue um novo comprimido, coloque o gato em seu braço esquerdo e segure as patas traseiras com a sua mão esquerda. Force-o a abrir a boca e empurre o comprimido até a garganta com o indicador. Feche a sua boca imediatamente e conte até 10 antes de soltá-lo.

5. Apanhe o comprimido dentro do aquário e o gato de cima do guarda-roupa. Peça ajuda a um amigo.

6. Ajoelhe-se no chão com o gato preso firmemente entre os joelhos, segurando suas quatro patas. Ignore os grunhidos emitidos pelo querido bichano. Peça ao amigo que segure com força a cabeça dele enquanto você abre a boca. Coloque uma espátula de madeira o mais fundo que puder. Deixe o comprimido escorregar pela espátula e esfregue a garganta vigorosamente.

7. Apanhe o gato que está grudado no trilho da cortina e pegue outro comprimido. Lembre-se de comprar uma nova espátula e remendar a cortina. Cuidadosamente enrole o gato numa toalha de modo que apenas sua cabeça fique de fora. Peça para o amigo mantê-lo assim. Dissolva o comprimido em um pouco de água, abra a boca do gato com o auxílio de um lápis e despeje o líquido em sua boca.

8. Veja na bula do remédio se ele tem alguma contra-indicação para seres humanos. Beba um pouco de água para se acalmar. Faça um curativo no braço do amigo e limpe o sangue do tapete com água morna e sabão.

9. Busque o desgraçado do gato no vizinho. Pegue um novo comprimido. Bote o gato dentro do armário da cozinha e feche a porta, mantendo a cabeça do gato para o lado de fora. Abra a boca com o auxílio de uma colher de sobremesa. Jogue o comprimido para dentro da boca com o auxílio de um estilingue.

10. Vá até a garagem e apanhe uma chave de fenda para colocar a porta do armário no lugar. Coloque uma compressa fria nos arranhões do seu rosto e cheque quando tomou pela última vez a vacina antitetânica. Jogue a camiseta fora e apanhe outra em seu quarto.

11. Chame o corpo de bombeiros para apanhar o a mae vai do gato do outro lado da rua. Peça desculpas ao vizinho que se machucou tentando desviar-se do animal. Pegue o último comprimido do frasco.

12. Amarre as patas dianteiras nas traseiras com uma corda do varal e prenda o gato no pé da mesa de jantar. Coloque luvas de jardinagem. Abra a boca do gato com uma pequena chave inglesa. Coloque o comprimido seguido de um pedaço de filé mignon. Segure a cabeça dele na vertical e derrame meio copo d'água para ajudá-lo a engolir o comprimido.

13. Peça ao seu amigo para levá-lo ao pronto-socorro mais próximo. Sente-se tranqüilamente enquanto o médico sutura seus dedos e braços e remove partes do comprimido que ficaram encravadas no seu olho direito. Pare na primeira loja de móveis no caminho de casa e encomende uma nova mesa de jantar.

14. Procure um veterinário que faça atendimento a domicílio, pois a essa altura do campeonato você não tem mais condições físicas de ir até a clínica!

sábado, 22 de novembro de 2008

PENSAMENTOS DISTORCIDOS

NÃO LEVE A VIDA TÃO A SÉRIO, AFINAL VOCÊ NÃO VAI SAIR VIVO DELA MESMO...
  1. A verdadeira felicidade está nas pequenas coisas...um pequeno iate, um pequeno rolex, uma pequena mansão, uma pequena fortuna...
  2. O importante não é ganhar. O que importa é competir sem perder nem empatar.
  3. Ter a consciência limpa é ter a memória fraca.
  4. Há um mundo bem melhor...só que é caríssimo.
  5. Se procuras uma mão disposta a te ajudar, tu a encontrarás no final do teu braço.
  6. Se tu és capaz de sorrir quando tudo deu errado, é por que tu já descobriste em quem por a culpa.
  7. Existem dois tipos de esparadrapo: o que não gruda e o que não sai.
  8. Dize-me com quem andas e direi se vou contigo.
  9. Qualquer idiota é capaz de pintar um quadro, mas somente um gênio é capaz de vendê-lo.
  10. Mais valem duas abelhas voando do que uma na mão.
  11. Deus criou o homem antes da mulher para não ter que ouvir palpites.
  12. Tudo é relativo. O tempo que dura um minuto depende de que lado da porta do banheiro você está.
  13. A prática leva a perfeição, exceto na roleta russa.
  14. Se você tentar falhar e conseguiu, você descobriu o que é paradoxo.
  15. O asterisco nada mais é do que um ponto final hippie.
  16. No boxe, geralmente o juiz é a única pessoa que sabe contar até dez.
  17. A advocacia é uma maneira legal de burlar a justiça.
  18. Viva cada dia como se fosse o último. Um dia você acerta.
  19. O bom do trabalho em equipe é que se algo der errado, sempre se poderá culpar alguém.
  20. Não se ache horrível pela manhã, acorde ao meio dia.
  21. Evite acidentes, faça de propósito.
  22. Na minha lápide podem escrever o seguinte: "A partir de agora, não contem mais comigo".
  23. Canela: dispositivo para se encontrar móveis no escuro.
  24. O que o instrutor da escola de Kamikases disse para os alunos? "Prestem atenção que eu só vou fazer uma vez."
  25. Quando os pais resolvem deixar de serem quadrados, a filha fica redonda.
  26. Até um imbecil passa por inteligente, se ficar calado.
  27. Júri: grupo de pessoas cuja tarefa é decidir quem tem o melhor advogado.
  28. As leis são como as salsichas: melhor não ver como foram feitas.
  29. Se emperrar force. Se quebrar, precisava trocar mesmo...
  30. Roubar idéias de uma pessoa é plágio. Roubar de várias é pesquisa.

NOVA EXPERIÊNCIA




Hoje eu comecei uma nova etapa na vida. Foi meu primeiro dia como voluntária em um trabalho de "evangelização" com crianças. Somos um grupo, Grupo Algusto Cezar Netto, (posso dizer 'somos' agora que faço parte dele...) que realiza um trabalho junto a comunidade em escolas com crianças, jovens adolescentes, mães. Eu tinha muito medo de começar, não tenho a mínima experiência com crianças, não tenho filhos, minha irmã mais nova já passa dos trinta, meu sobrinho mais novo tem 27 anos...meu convivio com seres pequenos, resume-se a Pitchula,hahaha apesar que se consigo me fazer entender por uma cadelinha velha e surda não deve ser impossivel lidar com crianças...é sério!


Meu primeiro dia foi com crianças pequenas, de 1(um) a 6(seis) anos. Foi muito bom, bom mesmo. Me sai melhor que esperava. São crianças tão carentes, querem atenção, carinho mesmo. O Paulinho tirou foto de quando eu cheguei, deveria ter tirados fotos de mim, sentada no chão com crianças penduradas de todo lado. Tem muita gente que não vai acreditar se eu contar. Eu? Sentada no chão? Brincando com crianças? Não, a Silvia não...É meio utópico (se é que existe "meio utópico"). O próximo encontro já é a Festa de Natal, com a entrega das sacolinhas. Tomara que eu consiga ir, se eu estiver de folga, neh! (Folgas já é outro post!)

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

PACIÊNCIA

Texto recebido por email, sem autoria, há um ano mais ou menos
Ah! Se vendessem paciência nas farmácias e supermercados... Muita gente iria gastar boa parte do salário nessa mercadoria tão rara hoje em dia. Por muito pouco a madame que parece uma "lady" solta palavrões e berros que lembram as antigas "trabalhadoras do cais"... E o bem comportado executivo? O "cavalheiro" se transforma numa "besta selvagem" no trânsito que ele mesmo ajuda a tumultuar... Os filhos atrapalham, os idosos incomodam, a voz da vizinha é um tormento, o jeito do chefe é demais para sua cabeça, a esposa virou uma chata, o marido uma "mala sem alça". Aquela velha amiga uma "alça sem mala", o emprego uma tortura, a escola uma chatice. O cinema se arrasta, o teatro nem pensar, até o passeio virou novela. Outro dia, vi um jovem reclamando que o banco dele pela internet estava demorando a dar o saldo, eu me lembrei da fila dos bancos e balancei a cabeça, inconformado... Vi uma moça abrindo um e-mail com um texto maravilhoso e ela deletou sem sequer ler o título, dizendo que era longo demais. Pobres de nós, meninos e meninas sem paciência, sem tempo para a vida, sem tempo para Deus. A paciência está em falta no mercado, e pelo jeito, a paciência sintética dos calmantes está cada vez mais em alta. Pergunte para alguém, que você saiba que é "ansioso demais" onde ele quer chegar? Qual é a finalidade de sua vida? Surpreenda-se com a falta de metas, com o vago de sua resposta. E você? Onde você quer chegar? Está correndo tanto para quê? Por quem? Seu coração vai agüentar? Se você morrer hoje de infarto agudo do miocárdio o mundo vai parar? A empresa que você trabalha vai acabar? As pessoas que você ama vão parar? Será que você conseguiu ler até aqui? Respire... Acalme-se... O mundo está apenas na sua primeira volta e, com certeza, no final do dia vai completar o seu giro ao redor do sol, com ou sem a sua paciência.... NÃO SOMOS SERES HUMANOS PASSANDO POR UMA EXPERIÊNCIA ESPIRITUAL... SOMOS SERES ESPIRITUAIS PASSANDO POR UMA EXPERIÊNCIA HUMANA...

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

O CÃO MAIS FEIO DO MUNDO


Morreu Gus, o cão mais feio do mundo. Ele tinha um olho só e três pernas. Perdeu a batalha contra o câncer. Gus, cristado chinês de nove anos, lutava contra o câncer; em junho, ele foi eleito o cão mais feio do mundo em concurso nos EUA, ele morreu no domingo, dia 9 de novembro.

DOAÇÃO DE SANGUE


Cachorro também precisa de doação de sangue. O problema é que os cães não doam espontâneamente, é necessário que o dono seja bondoso ao ponto de oferecer o sangue do seu companheiro para outros que precisam. É só eles pensarem que o seu animal é que poderia estar precisando de uma doação. O que leva um cão a precisar de sangue? Queda do Hematócrito, ou seja, os glóbulos vermelhos no sangue, que pode ser provocado por algumas doenças. Uma delas, a Insuficiência renal faz com que o organismo deixe de produzir a eritropoetina que é encarregada de produzir os glóbulos vermelhos, provocando assim a queda do hematócrito e causando a anemia. O hematócrito normal é de 36 a 54%. A Pitchula quando teve a crise renal e a Erlicchia, chegou a 29%. Não era o caso, ainda, de uma transfusão, mas se continuasse caindo, iria precisar.

Bom, já existem bancos de sangue para animais. Como eu uso o HOVET-USP, eu recomendo que se faça a doação lá. O cachorro precisa ter mais de 25kg, estar em perfeita saúde, gatos 4kg e ter até 8(oito)anos. Vacinas em dia. Será feito vários exames na hora para ver se o cão não tem nenhum problema, o que também é bom como prevenção. O doador não tem nenhuma reação negativa, ele se recupera imediatamente, não dói, não prejudica em nadica de nada! (é interessante a recuperação de um animal, muito melhor que a nossa). Existe também um serviço de hemoterapia no Rio de Janeiro. A Universidade Federal de Uberlândia tem um banco de sangue. Centro Veterinário de Bauru também tem um banco de sangue. Deve ter muito mais, mas eu não pesquisei. Quem puder, ajuda. Quem pode saber o dia de amanhã, não é mesmo?

domingo, 16 de novembro de 2008

PELOS

Acabei de dar banho na Pitchula. Tenho que dar banho nela cada vez que vou limpar a casa, senão não compensa limpar. Explico: cada vez que limpo "de verdade" ( o que não é cotidianamente...) tiro meia Pitchula, em pelos, do chão! Sabe como? Aquele monte de pelos que dá para juntar e fazer outra cadelinha!
Pitchula tem roupagem de inverno, enche-se de uma penugem que parece uma lãzinha, junto ao corpo. E quando começa a esquentar o tempo é hora de se despir dessa camada, que vai ficando pelo chão, pelos cantos, entre os pés dos móveis e a parede. Quando escovo (o que não é cotidianamente, hehehe) tiro um "bolo", mas o resto é recolhido na vassoura mesmo, acho que eu preciso comprar um aspirador, mas preciso comprar tanta coisa, que ele ( o aspirador) vai ficando para o fim da lista de prioridades. Agora ela (a Pitchula, não a casa...) está limpinha, cheirosa, com pelos brilhantes, graças ao shampoo da Natura (não ganhei nada para fazer a propaganda...)

FOTO


Achei essa foto no artephotographica. Gostei!

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

MUDANÇAS





Mudei o visual algumas vezes nesses últimos tempos. Agora estou loira de novo, com luzes douradas...ficou legal, mas eu não queria voltar a ser loira! Eu sei que todo mundo quer ser loira, mas eu fui a vida inteira, acho que o cabelo mais escuro realça meus olhos. O contraste do cabelo escuro com os olhos claros dá um efeito...
Agora os cabelos estão lisos. Estiquei os cachinhos. Cansei de ficar "amassando-os". Vamos e convenhamos, cabelos cacheados dão a impressão que estão sempre desarrumados. Por mais que você trate, use cremes, eles parecem maltratados. Cabelos lisos são mais "finos". Dão um ar elegante, arrumado. Diga que estou errada? Depois eu arrumo uma foto do antes e uma do depois para mostrar.

PROIBIDO PROIBIR



Ou: ----Aves não sabem "ler" placas de aviso!

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

TÉDIO

Estou precisando me ocupar de alguma coisa. O meu trabalho é "trash", tenho que ficar esperando alguém morrer para trabalhar, ainda bem que fico mais tempo esperando que trabalhando...
Terminei o curso na Seara, agora outro só em 2009. Eu fico muito tempo ociosa. Ainda bem que minha cabeça não é oficina do "outro". Mas água parada, estagnada; apodrece. Preciso de movimentação.
O ruim é que eu não posso me comprometer com nada pelos horários malucos que tenho. Não posso fazer um outro curso pois o tempo não dá. Como coordenar horários?
Preciso de idéias...



TESTE DE RESISTÊNCIA




COMO A BONDADE PODE CONTAMINAR




Foi horrível a morte da menina, mas um ponto positivo teve. Serviu para aumentar a doação de orgãos. Veja só como uma atitude altruista de uma mãe pode alavancar a vida. As vezes pensamos que o pouco que fazemos não vai servir de nada, que somos um grãozinho de areia. No entanto uma atitude nossa pode fazer um efeito dominó. Influenciamos pessoas ao nosso redor, que por sua vez vão influenciar outras e essas outras ainda...


Eu lembro de uma historinha que ouvi numa palestra na Seara, há muito tempo, que falava de um vestido azul.
" O vestido azul
Num bairro pobre de uma cidade distante, morava uma garotinha muito bonita.Ela frequentava a escola local. Sua mãe não tinha muito cuidado e a criança quase sempre se apresentava suja. Suas roupas eram muito velhas e maltratadas. O professor ficou penalizado com a situação da menina. "Como é que uma menina tão bonita, pode vir para a escola tão mal arrumada?".
Separou algum dinheiro do seu salário e, embora com dificuldade, resolveu lhe comprar um vestido novo. Ela ficou linda no vestido azul. Quando a mãe viu a filha naquele lindo vestido azul, sentiu que era lamentável que sua filha, vestindo aquele traje novo, fosse tão suja para a escola. Por isso, passou a lhe dar banho todos os dias, pentear seus cabelos, cortar suas unhas.
Quando acabou a semana, o pai falou: "mulher, você não acha uma vergonha que nossa filha, sendo tão bonita e bem arrumada, more em um lugar como este, caindo aos pedaços? Que tal você ajeitar a casa? Nas horas vagas, eu vou dar uma pintura nas paredes, consertar a cerca e plantar um jardim."
Logo mais, a casa se destacava na pequena vila pela beleza das flores que enchiam o jardim, e o cuidado em todos os detalhes. Os vizinhos ficaram envergonhados por morar em barracos feios e resolveram também arrumar as suas casas, plantar flores, usar pintura e criatividade.
Em pouco tempo, o bairro todo estava transformado. Um homem, que acompanhava os esforços e as lutas daquela gente, pensou que eles bem mereciam um auxílio das autoridades. Foi ao prefeito expor suas idéias e saiu de lá com autorização para formar uma comissão para estudar os melhoramentos que seriam necessários ao bairro.
A rua de barro e lama foi substituída por asfalto e calçadas de pedra. Os esgotos a céu aberto foram canalizados e o bairro ganhou ares de cidadania.
E tudo começou com um vestido azul.
Não era intenção daquele professor consertar toda a rua, nem criar um organismo que socorresse o bairro. Ele fez o que podia, deu a sua parte. Fez o primeiro movimento que acabou fazendo que outras pessoas se motivassem a lutar por melhorias."


Assim um pequeno gesto nosso pode mudar tudo. É tentando que vamos saber.

POR FALAR EM RANZINZA


Por falar em velhas...opsss senhoras idosas ranzinzas; a Pitchula está cada vez mais ranzinza, as coisas tem que ser como e quando ela quer. Se quer que eu acorde de manhã, tenho que acordar, não importa que seja minha folga, tenho que estar desperta e em pé, é claro, para ela deitar na caminha dela em seguida e dormir um cochilo até eu leva-la para passear. Se paro para conversar com alguém na rua, ela quer colo, para poder participar do papo. Se enjoa da conversa, me chama para ir embora, insistentemente. Não dá folga. Tenho que passear no caminho que ela quer, senão ela faz manha, se "joga" no chão igual a criança. Trava no chão, é cômico e dá uma vontade de dar umas palmadas. Quando chega alguém aqui em casa, "ele" por exemplo, ela quer ficar no meio dos dois, depois sossega, mas tem que dar atenção para ela primeiro. Mas como ficar brava com uma velhinha tão doce? Até fico, mas passa logo, sei lá quanto tempo ainda vou ter com ela, tem mais que aproveitar, até as manhas e ranhetices.

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

ENVELHECER

Envelhecer é inevitável, mas envelhecer chato e ranzinza; ninguém merece! Gente, por que essas senhorinhas nas filas do caixa do supermercado têm que ser tão chatas e ranzinzas; parece que sentem prazer em ir ao mercado comprar um produto por vez e passar na frente da gente no caixa, só para fazer valer um direito. Como se fosse uma diversão atrapalhar a vida dos outros. E pior, com a maior falta de respeito, empurram e apontam para a placa de preferencial, nem se dão ao trabalho de dar um sorriso, nem que seja amarelo. Parece que sentem um prazer mórbido. Loucura. Vejo senhorinhas que vão várias vezes ao mercado, acho que é um passatempo. (Moro quase em frente a um, por isso reparo mais).
Teve uma vez que foi engraçado, eu estava no Extra-Brigadeiro, umas dez da noite, caixas vazios, para escolher. Fui em um e em seguida apareceu uma senhora atrás e falou: E se eu pedir para ir na sua frente? Eu mais que depressa falei: Esteja a vontade! Ela não esperava pela minha resposta, a sensação era que queria que eu respondesse mal para ela ter motivo para arrumar um bate-boca. Ela passou e foi embora, a caixa me contou que "virava e mexia" ela fazia a mesma coisa, provocação mesmo. O que ganha com isso? Não sei...

EUA

Acho tão esquisito esse sistema de votação para presidente americano. Não consigo entender, mas acho que bem poucas pessoas entendem...Um país tão desenvolvido, com aquelas filas enormes, com aqueles papeizinhos, não é esquisito? Democraticamente esquisito!

domingo, 2 de novembro de 2008