domingo, 27 de abril de 2008

EMOÇÕES

Essa semana foi muito agitada, complicada, cheia de emoções. Depois que acabar todo esse processo vou conseguir falar com clareza sobre ele, por enquanto é só sob emoção forte e sem muita coerência. O pior é que estou acordando de madrugada nas duas últimas noites e não conseguindo dormir mais. Muita ansiedade, estímulos variados, pequenas frustrações, e por aí vai... Mas no final tudo dá certo, se não deu certo ainda é por que não chegou no final.

HOVET ANHEMBI MORUMBI

Hoje uma conhecida me falou do Hospital Veterinário da Anhembi Morumbi. É uma opção mais perto do centro de São Paulo. Não é meu caso, prefiro continuar na USP, mas é uma opção para quem não quer se deslocar até lá e tem preços acessíveis, não tanto quanto a USP, mas muito melhor que os Hospitais Veterinários particulares. Ela disse que o tratamento é muito bom, deve ser mesmo, pois no site eles dizem que são referência. Ahhh e eles atendem de sábado de manhã também, o que facilita a vida de muita gente.

terça-feira, 22 de abril de 2008

FELICIDADE

Por que as pessoas não podem ser apenas felizes? Por que as pessoas tem que sempre sonhar os sonhos impossíveis? Por que as mulheres tem que amar os homens mais complicados? Por que os homens tem que ir atrás das mulheres que os humilham? Por que esse masoquismo? Uma vez ouvi uma frase em uma novela e achei-a ótima: "Para ser feliz basta se acreditar que se é!" Por que as pessoas colocam a responsabilidade da sua felicidade nas mãos dos outros? Por comodismo? --Eu não sou feliz por causa de fulano, sicrano ou beltrano, ou por causa da situação financeira da Guatemala...-- Maluco, neh? ---Ah se eu tivesse................... (Um carro novo), (um amor), (uma casa na praia), (um emprego que eu não precisasse me stressar e ganhasse muito bemmmmm) seria feliz. E se tivesse, iria querer outro e outra... Por que a tal felicidade nunca é satisfeita. Sempre haverá outro objetivo a ser alcançado.

Tenho amigas que não querem aquele homem que a ama, que a respeita; querem aquele canalha que fazem elas de gato e sapato! O que leva mulheres a se envolverem com esses tipos? Falta amor-próprio? Masoquismo? Gostam de se sentirem a última das mulheres? As coitadinhas? Não consigo entender. Um dia já fui assim, mas não durou muito tempo. Sou tão volúvel que até para sofrer eu me canso rápido...Esqueço por que estava sofrendo...

E os homens que vão atrás daquelas mulheres que corneiam eles a "torta e a direita" e eles continuam feito cachorrinhos? Como pode? Por mais que eu viva eu não vou conseguir entender por que o ser humano prefere ser infeliz!


sábado, 19 de abril de 2008

CHATICE

Eu estou muito chata esses dias, nem eu mesmo me aguento...
Estou exigente, muito exigente, comigo e com os outros. Impaciente, implicante, irrascível, incompreensiva, intolerante! Eu sei qual é o motivo e não posso fazer nada a respeito disso, não depende de mim. Por mais que eu saiba que isso vai acabar, demora, e a sensação é que está demorando muito, mas quando faço as contas, não demorou tanto assim, é minha ansiedade que dá essa "nóia". Eu queria que acabasse logo. Ficar esperando a boa vontade dos outros me corrói. Já nem sei mais o que fazer, tenho ficado mais no meu canto para ver se essa fase, essa TPM infinita passa. Mas está difícil...Pelo menos tem um, (um não, dois) lado bom nisso tudo: eu tenho consciência disso e os que forem, realmente, meus amigos vão entender (espero...)!

quarta-feira, 16 de abril de 2008

FOTO PITCHULA



Essa foto foi tirada pela Drª Denise, a médica da Pitchula, no começo do mês. Olha só a pose da boneca tomando soro; ela não é linda? Os resultados dos exames foram ótimos.

sábado, 12 de abril de 2008

FÉ, UMA CACHORRINHA ESPECIAL







Fé é uma cadelinha que nasceu em dezembro de 2002 com só três patas, as duas traseiras normais e uma dianteira deformada que foi amputada pouco depois do seu nascimento. Sua dona, Jude Stringfellow adotou Fé quando o seu dono original temendo a incapacidade tinha previsto uma eutanásia.
Jude ensinou Fé a levantar-se e mais tarde a caminhar sobre suas duas patas traseiras. Ela não é o único cão de duas patas a caminhar na posição vertical, mas provavelmente é a mais famosa.
Recebi por email e fui pesquisar, achei linda a história.

quinta-feira, 10 de abril de 2008

PRÉ CONCEITOS

As pessoas são cheias, abarrotadas de pré conceitos.
Não é por que eu moro sozinha; que eu sou carente...
Não é por que sou gorda; que eu sou complexada...
Não é por que eu sorrio muito; que eu estou a fim de dar pra qualquer um...
Não é por que eu sou simpática; que eu sou otária...
Não é por que eu não tenho um namorado que eu estou desesperada a procura de um...Muito pelo contrário, adoro minha liberdade...
Não, eu não sou uma pessoa carente. Gosto muito de mim mesma. E a minha felicidade vem de dentro de mim, eu não espero e nem preciso que outra pessoa me faça feliz!
Estou sim acima do peso, mas sou gostosa, kkkkkkk, e bonita! Tem roupas que não ficam bem em mim, como tem roupas que não ficam bem em qualquer pessoa, eu me olho no espelho antes de sair, o que todo mundo deveria fazer.
Vivo sorrindo e gosto de ser assim, gosto que as pessoas me parem na rua para conversar, não é perda de tempo, é ganho de experiência!
Eu não sou otária, posso deixar que as pessoas pensem que estão me enganando, mas com plena consciência disso. Quem será que é o otário? Acho que aquele que pensa que está enganando...
Gosto de fazer novas amizades, gosto de ter amigos e eu os tenho, graças a Deus!
Gosto de sair, mas não estou mais na fase de fazer "programas de indio", quero coisas que, realmente, me façam bem. Sair, por sair, fico na minha casa e me sinto muito bem ficando e minha companhia é muito boa, até para mim mesma!

terça-feira, 8 de abril de 2008

MIL

Olha que chique; desde que eu coloquei o contador, já tive 1000 visitas no Blog. Isto não é ótimo? Eu pensava que ninguém ia ler o que eu escrevo e já tive mais de mil pessoas por aqui.

ISABELLA


E agora como fica? A imagem de uma familia comum, saudável indo às compras no supermercado não combina com a imagem de monstros que a imprensa passa à população. E a roupa? Ele veste a mesma roupa que estava no mercado. E as marcas de sangue que disseram que tinha no carro e no prédio e agora não é sangue? E se ele for inocente? Quem será o culpado?

Se for outro o culpado já deram tempo dele fugir para bem longe! Eu fico pensando em como a população quer "judas" para ser malhado. Se deixarem lincham os dois, querem sangue...Lembra da mãe da menininha que disseram que ela tinha colocado cocaina na mamadeira? Era inocente, depois de dois meses sai o laudo e não tinha cocaina na mamadeira e ela já tinha sido espancada pelas outras presas, perdeu a audição de um ouvido e teve problemas de visão. Como recuperar da dor? Quem paga essa conta? A única coisa que eu lembro num momento desse é: Com a mesma medida que julgares serás julgado.

segunda-feira, 7 de abril de 2008

ENTREVISTA PITCHULA

Murdock-Por que resolveu criar o blog?
Pitchula- Minha mãe criou, sou só co-autora e "musa".
Murdock- O que te dá mais prazer em blogar?
Pitchula- Conhecer pessoas.
Murdock- Indique um blog bom e um blog que você não gosta (essa vai ser difícil) e porquê?
Pitchula- Eu gosto do site Arca Brasil por que tem o Tingo... Ou tinha...
Murdock- Qual tipo de música, e quais suas bandas favoritas?
Pitchula- Hoje em dia eu não ouço mais nada...
Murdock- Qual o assunto que você mais gosta de postar?
Pitchula- Pitchula.
Murdock- Seaquinevassevoceusavaesqui?
Pitchula- Não, mas eu ia lamber...
Murdock -Você é: casada, solteira, separada, enrolada, desquitada, chutada, viúva ou outros?
Pitchula- castrada.
Murdock- Por que você deu este nome ao seu blog?
Pitchula- Por que eu sou a estrela.
Murdock- Qual foi o último blog que você visitou?
Pitchula- o Portal Vida de Cão
Murdock- Por que resolveu participar deste meme?
Pitchula- Por que minha mãe achou que eu deveria.

quinta-feira, 3 de abril de 2008

ENTREVISTA - MURDOCK

Murdock- Por que resolveu criar o blog?
Silvia- Gosto de escrever, gosto de falar de mim, e nem sempre as pessoas tem a disponibilidade para ouvir. Escrevendo em um Blog fica aberto a quem se interessar em ler. Depois surgiu o problema de saúde da Pitchula e virou um pequeno divã!

Murdock- O que te dá mais prazer em blogar?
Silvia- Escrever. Receber a resposta das pessoas, ou por comentários ou emails. Conhecer pessoas.

Murdock- Indique um blog bom e um blog que você não gosta (essa vai ser difícil) e porquê?
Silvia- Eu gosto da Rosana Hermann. Eu vou manter sua resposta em relação ao blog que não me agrada (como agradava), por que é exatamente o que penso. "Eu gostava do Homem é Tudo Palhaço, elas escreviam textos irônicos e divertidos sobre as palhaçadas que os homens fazem mas acho que perdeu o tom, ficou rancoroso, mau humorado, simplesmente um lugar pras autoras e as leitoras lavarem roupa suja sem nem se dar conta das besteiras que fazem nos relacionamentos com os caras."

Murdock- Qual tipo de música, e quais suas bandas favoritas?
Silvia- Sou bem eclética; gosto de Rock, de preferência Rock Clássico. Gosto de Led Zeppelin(amo Kashimir), de Beatles, de Rolling Stones, U2, mas também gosto de MPB.

Murdock- Qual o assunto que você mais gosta de postar?
Silvia- Pitchula.

Murdock- Seaquinevassevoceusavaesqui?
Silvia - Apesar de não gostar de frio, ia experimentar.
Murdock -Você é: casada, solteira, separada, enrolada, desquitada, chutada, viúva ou outros?
Silvia- Sou viúva.

Murdock- Por que você deu este nome ao seu blog?
Silvia - Pelo amor que eu tenho pela Pitchula. Era (e é) uma forma de homenageá-la.

Murdock- Qual foi o último blog que você visitou?
Silvia- Do liberal Alex
Murdock- Por que resolveu participar deste meme?
Silvia - Pelo carinho que tenho por você.
E eu gostaria de entrevistar a Zel, o Juiz, o Alex, Fernando e o Cirilo

quarta-feira, 2 de abril de 2008

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS DOS ANIMAIS


Artigo 1º
Todos os animais nascem iguais diante da vida, e têm o mesmo direito à existência.
Artigo 2º a) Cada animal tem direito ao respeito;
b) O homem, enquanto espécie animal, não pode atribuir-se o direito de exterminar os outros animais, ou explorá-los, violando esse direito. Ele tem o dever de colocar a sua consciência a serviço dos outros animais;
c) Cada animal tem direito à consideração, à cura e à proteção do homem.
Artigo 3º a) Nenhum animal será submetido a maus tratos e a atos cruéis;
b) Se a morte de um animal é necessária, deve ser instantânea, sem dor ou angústia.
Artigo 4º a) Cada animal que pertence a uma espécie selvagem tem o direito de viver livre no seu ambiente natural terrestre, aéreo e aquático, e tem o direito de reproduzir-se;
b) A privação da liberdade, ainda que para fins educativos, é contrária a este direito.
Artigo 5º a) Cada animal pertencente a uma espécie, que vive habitualmente no ambiente do homem, tem o direito de viver e crescer segundo o ritmo e as condições de vida e de liberdade que são próprias de sua espécie;
b) Toda a modificação imposta pelo homem para fins mercantis é contrária a esse direito.
Artigo 6º a) Cada animal que o homem escolher para companheiro tem o direito a uma duração de vida conforme sua longevidade natural;
b) O abandono de um animal é um ato cruel e degradante.
Artigo 7º Cada animal que trabalha tem o direito a uma razoável limitação do tempo e intensidade do trabalho, a uma alimentação adequada e ao repouso.
Artigo 8º a) A experimentação animal, que implica em sofrimento físico, é incompatível com os direitos do animal, quer seja uma experiência médica, científica, comercial ou qualquer outra;
b) As técnicas substitutivas devem ser utilizadas e desenvolvidas.
Artigo 9º Nenhum animal deve ser criado para servir de alimentação, ser nutrido, alojado, transportado e abatido, quando, para isso, tenha que passar por ansiedade ou dor.
Artigo 10º Nenhum animal deve ser usado para divertimento do homem. A exibição dos animais e os espetáculos que utilizem animais são incompatíveis com a dignidade do animal.
Artigo 11º O ato que leva à morte de um animal sem necessidade é um biocídio, ou seja, um crime contra a vida.
Artigo 12º a) Cada ato que leve à morte um grande número de animais selvagens é genocídio, ou seja, um delito contra a espécie;
b) O aniquilamento e a destruição do meio ambiente natural levam ao genocídio.
Artigo 13º a) O animal morto deve ser tratado com respeito;
b) As cenas de violência de que os animais são vítimas, devem ser proibidas no cinema e na televisão, a menos que tenham como fim mostrar um atentado aos direitos dos animais.
Artigo 14º a) As associações de proteção e de salvaguarda dos animais devem ser representadas a nível de governo;
b) Os direitos dos animais devem ser defendidos por leis, como os direitos dos homens.
Eu estava lendo a página do Conselho Federal de Medicina Veterinária e encontrei essa Declaração, será que um dia ela será respeitada?

PIT BULL


Eu me pergunto o que leva o ser, dito humano, a andar na rua com um Pit Bull sem coleira. Aqui perto da minha casa é normal encontrar donos de Pitt Bull, na rua, com os animais soltos. Já falei que aqui tem mais criança, por metro quadrado, que em qualquer outro lugar? O que será que leva a pessoa a agir assim? Excesso de confiança? Gostar de viver perigosamente? Terrorismo? Eu sou contra qualquer animal solto pela rua, eles não tem discernimento para preverem o perigo; como um carro que pode sair repentinamente de uma garage. Se um cão desse ataca uma criança, o que o infeliz vai fazer? A minha cadela é uma atrevida que não leva desaforo para casa, se um cão, seja de que tamanho for, cheirá-la e ela não gostar, ela vai avançar e o outro vai se defender, é normal. Só que os dentes dele são bem maiores que os dela, e a força dele também. Por mais que o outro seja manso, o que eles alegam, vão reagir! A minha está na coleira, eu posso conduzí-la, mas os que estão soltos não tem o controle do dono... E como a minha que não ouve, outros podem não ouvir também e os donos nem sabem. Nós já fomos atacadas por uma cadela solta, a sorte é que eu fui muito rápida e ergui a Pitchula pela coleira. E se ela estivesse sem?