domingo, 30 de dezembro de 2007

BALANÇO DE FIM DE ANO -- 2007


Agora que o ano termina, nada como fazer um balanço e ver o que ganhamos e o que perdemos nesse ano e principalmente avaliarmos o que aprendemos.

Quero agradecer a Deus em primeiro lugar, por tudo que sou e por tudo que tenho.

Agradecer aos meus familiares, por ter aprendido a ter mais compreensão.

Agradecer aos meus colegas de trabalho por ter aprendido a ter mais tolerância, a ser menos confiante e inocente.

Agradecer aos meus companheiros de luta pela vida; Elza (sumirê), Maria Alice (Naninha), Maria Alice (Pituca), Cris (Pituxa), Vick, Euzari (Lambão), Rodolfo, Nem (Lassy), Maurício ( Baloube), Marcos (Brisa), Regina (Tieta), Silvia (Chiquinha), no Hospital Veterinário da USP, o companheirismo, o apoio, o carinho.

Agradecer aos médicos veterinários: Khadine, Paula Leal, Bruna, Vera, Denise, Guilherme, por tudo que fizeram pela Pitchula, e por mim, nesse ano. Agradecimento estendido aos enfermeiros, estagiários e residentes.

Agradecer ao pessoal da Seara, aos amigos da "Panelinha": Bia, Marcia, Silvia, Celso, Maria Tereza, Célia, Alberto, Abrão, Janeth, Roberto, Luis Antonio. Que muito me acrescentaram.

Aos orientadores desse ano e dos outros que permanecem presentes em minha vida: Roberto, Maria Rita, Cynthia, Fábio, Salete, Salete Benevides, Neuza, Dirce, Adolfo, Nadia, Cilene, Carlos, Plinio, Lucia, Lucy.

Agradeço também ao pessoal que eu frequento aqui na Internet; a Fal, com quem derramei algumas lágrimas, a Rosana, que me abriu a cabeça, a Inagaky, ao Junior, ao André, ao Meritíssimo, ao Cirilo, ao Murdock , ao Dagô, todos que me fizeram pensar com mais clareza nesse ano. E com mais sensibilidade. A Claudia Lyra, as meninas do Cintaliga, que trouxeram leveza.

A todas aquelas pessoas que cruzaram minha vida, real, ou virtualmente; todos fizeram a diferença. Muito obrigada!
Devido a uma "suave" pressão, retifico meu post acrescentando: Agradeço a todos que: nominal ou anonimamente, comentaram aqui. Espero contar com vocês o ano que vem...
E ao pessoal do meu prédio, que sempre está ao meu lado, nem que seja no elevador. A "doida" da Elisa, a Analia, o Remy, o Noé, e todos os outros; eu me dou bem com todos, graças a Deus!

Nenhum comentário:

Postar um comentário